Acontece

Caravana de Prevenção às Drogas fez mais de 25 mil atendimentos em 2017

Divulgação Secom/PMU
Projeto da Prefeitura de Uberlândia conscientiza jovens sobre perigos das drogas e do álcool

Mais de 25 mil estudantes foram conscientizados quanto aos perigos das drogas e do álcool durante o ano de 2017. Isto foi possível graças à Caravana de Prevenção às Drogas, projeto realizado pela Secretaria de Prevenção às Drogas, Defesa Social e Defesa Civil. O foco das atividades são as práticas de hábitos saudáveis visando melhor qualidade de vida e boas perspectivas de futuro. As ações também contribuem para potencializar a proteção e minimizar os riscos ao uso e abuso de entorpecentes.

 

Entre as atividades destacam-se o Papo Legal, a Oficina de Grafite e a Oficina de Dança de Rua. Este tipo de ação teve início em 2018, durante o segundo mandato do prefeito Odelmo Leão, sendo feito de forma itinerante. Com atividades lúdicas e pedagógicas, oficinas culturais, apresentações teatrais, conversas interativas e leves, a equipe da caravana envolve as comunidades de escolas municipais, estaduais e particulares. Os trabalhos são realizados gratuitamente pela Diretoria de Prevenção às Drogas e podem ser solicitados pelo telefone 3239.2736 ou pelo e-mail [email protected]uberlandia.mg.gov.br.

 

Antes de visitar a unidade, a equipe da caravana se informa sobre o perfil dos alunos e até mesmo a estrutura física da unidade. Isso tudo para adequar os trabalhos eter um melhor aproveitamento do conteúdo apresentado. “Para o ano de 2018 nossa expectativa é ampliar as parcerias, a fim de potencializar as ações e projetos das secretaria”, destacou o secretário de Prevenção às Drogas, Defesa Social e Defesa Civil, Emerson Aquino.

 

Conheça os projetos da Caravana:

– Papo Legal – Uma proposta diferenciada no que se refere à prevenção, superando as palestras de caráter repressivo e proibitivo, geralmente utilizadas. O Papo Legal realiza diálogos pontuais nas escolas, instituições e empresas que atendem crianças, adolescentes e jovens. São interações realizadas de forma descontraída, informal e interativa, com metodologias e linguagens atrativas.

– Oficina de Grafite – Momento quando artistas grafiteiros demonstram a beleza e a importância da arte do grafite e conscientizam os estudantes sobre a importância de levar uma vida dedicada aos estudos e aos esportes, longe das drogas e do álcool.

– Oficina de Dança de Rua – Uma experiência com apresentações de dança feitas por artistas do segmento. As atividades servem para despertar o gosto pela arte e integrar socialmente o público e os dançarinos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO