Redação | Comercial
Acontece

Secretário de Desenvolvimento Social vai até Brasília reivindicar mais unidades do MCMV

Entrevista com o Secretário de Desenvolvimento Social Renato Moura sobre novas casas do Programa Minha Casa Minha Vida

Publicado por Pontal em Foco em Terça, 4 de abril de 2017

Na agenda do Secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Renato Moura, durante sua estadia em Brasília, na última semana, está a solicitação de pelo menos duas mil unidades habitacionais do Programa Minha Casa minha Vida para Ituiutaba.

Ocorre que, conforme Renato, o presidente Michel Temer lançou na última semana mais uma etapa do programa habitacional que deverá contemplar 100 mil famílias em todo o Brasil. “O número de casas é pouco. Mas fomos até lá e conversamos com deputados federais que tiveram o apoio da população tijucana para se elegerem, para que esses deputados nos ajudem e encaminhem indicações à União, levando até eles essa demanda”, disse o secretário, em entrevista ao vivo, transmitida pelo facebook do Pontal em Foco, na manhã desta terça-feira (04).

De acordo com ele, cerca de 20% dessas unidades deverão atender ao Minha Casa, Minha Vida Rural. “Ituiutaba já construiu 7.200 casas pelo programa habitacional e, hoje, temos mais de 5.800 pessoas cadastradas para, também, serem beneficiadas com o Minha Casa, Minha Vida”, informou.

De acordo com ele, caso haja mais unidades habitacionais para a cidade, serão priorizadas as famílias que estão morando em locais de risco, em condições de vulnerabilidade social, idosos e de mulheres vítimas de violência doméstica. “Já está sendo feito o levantamento de todas essas famílias”, adiantou.

Com relação às unidades do Nova Ituiutaba 2 e 4, o secretário revelou que a empreiteira que está à frente das obras fez um compromisso de entregar todas as casas até o mês de junho. “95% das obras já estão concluídas”, disse.

Confira no vídeo acima a entrevista completa.

Jaqueline Barbosa

Jornalista tijucana, com formação em Comunicação Social / Habilitação em Jornalismo na Universidade de Uberaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts

CLOSE
FECHAR