Agronegócio

Municípios do Pontal do Triângulo Mineiro se preparam para implantar o SIM regional

Fomentar e promover a cadeia produtiva, tanto da agroindústria, quanto da agricultura familiar, através da implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) na forma consorciada com outros municípios da região. Este foi o objetivo da reunião que aconteceu nesta quinta-feira  (17), na sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Ituiutaba. O evento foi realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, em parceria com o Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável (CIDES) e Emater MG.

O público alvo, presente à reunião, em sua maioria eram secretários municipais de Agricultura das cidades vizinha, extensionistas da Emater e empresários de Ituiutaba que foram buscar informações sobre como deverá funcionar o modelo proposto para o SIM Regional, através dos esclarecimentos da palestrante e Secretária Executiva do CIDES, Cristina Martins.

A implantação do SIM Regional já vem sendo discutida há algum tempo. Todo o processo é respaldado por um acordo assinado por praticamente todos os municípios que integram o Pontal do Triângulo Mineiro. São cerca de 19 cidades que farão parte deste modelo proposto.

O SIM é o serviço municipal, responsável por inspecionar e fomentar estabelecimentos que industrializam produtos de origem animal, nas suas mais variadas formas (carne e seus derivados, leite e derivados e produtos derivados da apicultura). Em Ituiutaba, o SIM existe desde 2011. Atualmente, cerca de trinta estabelecimentos comerciais estão cadastrados e são inspecionados regularmente pela equipe deste órgão, que está  ligado à Secretaria Municipal de Agricultura.

Para o secretário Regys Braga, a economia de grande parte dos municípios brasileiros depende do agronegócio e também da agricultura familiar.  “A proposta do SIM, como importância principal, é proporcionar a segurança alimentar e difundir a expansão da economia. Ao promovermos a integração dos municípios através desta proposta apresentada hoje, vamos abrir o mercado e permitir, que os produtores de Ituiutaba possam comercializar seus produtos em todos os demais municípios, abrindo também o mercado local para produtores de outras regiões”, explicou.

Como a operacionalização individual do SIM é inviável para a maioria dos municípios, a proposta é que o sistema funcione de forma consorciada. A contratação dos profissionais que irão atender a região deve ser feita pelos consórcio intermunicipal. Outro benefício é a possibilidade de comercialização legal dos produtos nas outras cidades que compõem o grupo, ampliando o mercado consumidor.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR