Cotidiano

Blitze da Lei Seca em Minas flagra 104 motoristas dirigindo alcoolizados

Desse total, 17 motoristas foram presos por crime de trânsito – quando o teste do bafômetro acusa valores superiores a 0,33 miligramas por litro de ar expelido (Foto: Omar Freire)
Desse total, 17 motoristas foram presos por crime de trânsito – quando o teste do bafômetro acusa valores superiores a 0,33 miligramas por litro de ar expelido

Cento e quatro motoristas de Minas Gerais foram flagrados na Blitz da Lei Seca deste fim de semana, depois de misturarem álcool e direção. Desse total, 17 motoristas foram presos  por crime de trânsito – quando o teste do bafômetro acusa valores superiores a 0,33 miligramas por litro de ar expelido. A informação foi divulgada pela Secretaria de de Estado de Segurança Pública (Sesp), nesta segunda-feira (29).

A Campanha  “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”, aliada as blitzes abordou 1.954 motoristas em 18 cidades de Minas, incluindo Belo Horizonte, onde um dos pontos da abordagem foi no Anel Rodoviário. Além das prisões, as blitz também resultaram em 87 infrações de trânsito – quando o teor alcoólico registrado no etilômetro não ultrapassa os 0,33 mg/l.

“Com câmeras com alcance de mais de 30 metros quadrados, o CICC Móvel permite integração de sistemas, possibilitando cruzar informações relacionadas a diferentes instituições e checar dados como mandados em aberto e uso de tornozeleiras. Além de toda checagem reforçada do histórico dos motoristas, a carreta possibilitou a lavratura de ocorrências no próprio local da blitz e a realização de demais procedimentos, evitando a necessidade de deslocamento até o Detran”, informou a Sesp.

Na ação do fim de semana, além de Belo Horizonte, participaram os seguintes municípios: Contagem, Betim, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilo Otoni, Unaí, Pouso Alegre e Poços de Caldas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO