Cotidiano

Homem acusado por homicídio tentado em Ituiutaba é condenado a 10 anos e 8 meses de reclusão

Terminou na tarde desta quinta-feira, 12, o júri popular que tratava de um homicídio tentado ocorrido no mês de maio de 2018 em Ituiutaba. Após quase sete horas, os jurados decidiram pela condenação do réu Luciano Mariano da Silva a 10 anos e 8 meses de reclusão em regime fechado.

A audiência ocorreu no Fórum de Ituiutaba. Luciano é acusado de ser o autor de um homicídio tentado na madrugada do dia 5 de maio de 2018.

O crime

No dia do fato, a vítima W. S. R., havia chegado em sua residência na Rua Araras, no Bairro Marta Helena, momento em que guardava seu veículo e foi surpreendido por um indivíduo que efetuou vários disparos de arma de fogo em sua direção e fugiu em uma motocicleta que estava estacionada em uma rua próxima do local do crime.

W. S. R. foi alvejado com cinco disparos de arma de fogo, passou por procedimentos cirúrgicos e precisou ter uma de suas pernas amputada por conta dos disparos.

Erro

Conforme investigações da Polícia Civil de Minas Gerais, W.S.R. foi vítima da tentativa de homicídio por engano. O acusado pela ação criminosa teria o confundido com outra pessoa de nome e aparência semelhante.

A motivação para o homicídio tentado contra o verdadeiro alvo seria vingança por conta da morte de um adolescente em uma casa de festas, crime ocorrido em data passada.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top