Cotidiano

Ituiutaba recebe Posto de Atendimento Pré-Processual; Papre funcionará na UEMG

A Comarca de Ituiutaba passa a contar a partir desta quarta-feira (02/10) com uma unidade voltada para a conciliação de conflitos que não foram judicializados. Trata-se do Posto de Atendimento Pré-Processual (Papre).

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a 3ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e a Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG). Interessados em resolver conflitos de forma célere e amigável devem se dirigir ao Papre, na Rua Geraldo Moisés da Silva, s/n, Bairro Universitário.

Contudo, a instituição encontra-se ocupada por alunos em manifestação contra problemas de ordem estrutural e acadêmica desde o dia 18 de setembro. Desde então todas as atividades realizadas no campus foram interrompidas. Conforme apurou o Pontal em Foco, uma assembleia será realizada desta sexta-feira, 4 de outubro, quando os envolvidos no manifesto deliberaram sobre a continuidade ou suspensão do movimento de ocupação.

A inauguração oficial do posto teve a presença do juiz auxiliar da 3ª Vice-Presidência, José Ricardo dos Santos de Freitas Véras. O magistrado aponta a conciliação e a mediação como alternativas para uma solução ágil da discussão.

“O cidadão tem muito a ganhar com a instalação do Papre. Muitas desavenças podem ser resolvidas por meio do diálogo entre as pessoas envolvidas na disputa, de modo rápido, descomplicado e eficaz”, registrou.

O coordenador do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Ituiutaba, juiz Roberto Bertoldo Garcia, também destacou a importância de o cidadão ter uma alternativa ao processo judicial para resolver conflitos. O Cejusc é um setor do Judiciário que dá suporte ao Papre.

Conrado Pereira, diretor da Uemg, polo Ituiutaba; Fausto Amador Alves, coordenador do curso de Direito; juiz auxiliar da 3ª Vice-Presidência do TJMG, José Ricardo dos Santos de Freitas Véras e o juiz Roberto Bertoldo Garcia

O coordenador do curso de Direito da UEMG, Fausto Amador Alves Neto, destacou que a parceria vai permitir a qualificação técnica de professores e alunos na aplicação das técnicas autocompositivas de resolução de conflitos, além de proporcionar aos cidadãos um serviço de qualidade.

Toda a dinâmica desenvolvida no Papre será acompanhada pela experiência do TJMG no que se refere aos mecanismos de conciliação e mediação.

Também esteve presente à inauguração do Papre a juíza diretora do foro de Ituiutaba, Alessandra Leão Medeiros Parente.

Saiba mais sobre conciliação.

Mais Lidas

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Flex Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top