Cotidiano

Queda de ponte divulgada nas redes como sendo no Trevão na verdade ocorreu em Nazareno, no Sul de MG

Foto: Reprodução

Durante a manhã do último domingo, 11, a foto de uma ponte que teve sua estrutura danificada e caiu, foi bastante divulgada em grupos de redes sociais, com a suposta informação de que o local do incidente seria próximo ao Trevão, na rodovia BR-365, na ponte sobre o Ribeirão Monte Alegre, que liga Ituiutaba aos acessos para o estados de São Paulo, Goiás e para o município de Uberlândia.

A falsa informação gerou aflição em vários internautas que utilizam a rodovia e teriam de transitar pelo suposto trecho interditado na região do Pontal do Triângulo Mineiro. Alguns usuários inclusive fizeram contato imediato no Posto Trevão, em busca de confirmarem a veracidade da informação e se prevenirem para uma possível viagem frustrada.

Foto: Reprodução

Ocorre que a imagem da ponte caída de fato é verídica, porém, o local correto do desabamento da estrutura se deu cerca de 12 metros no KM 300 da BR-265, próximo ao trevo de Nazareno (MG), sendo que o trecho faz a ligação entre cidades como Lavras e São João Del Rei, no Sul de Minas. A pista ficou interditada nos dois sentidos.

Por causa da queda, um caminhoneiro se acidentou no trecho. Ele teria passado sobre a ponte no momento em que a estrutura se rompia e perdido o controle na rodovia. Com o impacto em um dos eixos do caminhão, o veículo saiu da pista e bateu em algumas árvores. O motorista sofreu ferimentos leves.

Segundo o Instituto Somar Meteorologia, a chuva que caiu na região durante a madrugada teve um volume de 80 milímetros, o que representa cerca de 52% da chuva esperada para a região durante todo o mês de março.

Quem precisar passar pelo trecho, uma das opções é fazer o desvio passando por Ribeirão Vermelho, Perdões, Santo Antônio do Amparo e São Tiago. O desvio aumenta o percurso em 74 quilômetros ou 40 minutos.

Esse é mais um autenticando, onde o Pontal em Foco busca esclarecer se informações disseminadas pelas redes são realmente verídicas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR