Cotidiano

Uberlândia contará com apartamentos construídos especificamente para estudantes e servidores da UFU

Projeto prevê moradias projetadas com o objetivo de ter cada detalhe para atender ao público-alvo (Imagem: projeto UniLoft / ilustrativa)

Segundo dados do Ministério da Educação, o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior cresceu 62% entre 2006 e 2016. Com uma população cada vez mais escolarizada e sempre buscando atualizações profissionais, o ritmo de ofertas de moradias que atendam às demandas e necessidades das comunidades acadêmicas no país não acompanham este crescimento.

Outro dado importante, desta vez do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é que 32,6% de graduandos, pós graduandos, mestrandos e doutorandos, se deslocam de municípios para estudar. Em Uberlândia, esta realidade não é diferente e o resultado disso é universitários se acomodando em locais impróprios que não facilitam o sucesso dos estudos, fazendo-os perder tempo e muitas vezes, dinheiro.

Com base nestes números e no mercado pouco explorado e no nicho com deficiência de atendimento, foi criado o UniLoft, que é o projeto de um prédio de apartamentos para aluguel a estudantes e servidores da UFU, com o objetivo de oferecer rentabilidade satisfatória para investidores, além de conforto e praticidade para a população universitária, principalmente da Universidade Federal de Uberlândia Campus Santa Mônica, a qual é localizada a meio quarteirão do empreendimento.

Segundo o idealizador do planejamento, Marcos Lara, alguns aspectos importantes devem ser levados em consideração pelos investidores e todos esses quesitos foram minuciosamente observados e estudados para elaborá-lo. “Eles devem distinguir com segurança um bom produto de um imóvel qualquer. Alguns desses pontos são o conceito do empreendimento e a aceitação pelo público-alvo; a utilização de estudos aprofundados, pesquisas de mercado e consultorias especializadas para a definição do projeto; a adequação do imóvel às necessidades habitacionais do público-alvo; a existência e quantidades de atributos que o diferenciam do restante do mercado; o mercado a que se destina e a quantidade do público-alvo; a qualidade dos projetos; a diferenciação arquitetônica; a preocupação com o meio ambiente e a qualidade construtiva; a segurança do imóvel e de seus ocupantes; a facilidade de acesso e tempo de deslocamento; o respeito às normas e legislação, documentação e registro; os custos de condomínio; o preço final; o prazo de construção e seu potencial de valorização; sua liquidez e a longevidade da geração de renda”, explica.

Ainda de acordo com Lara, essas condições facilitam para que a demanda seja aumentada e fidelizada. “Ao entregar segurança, acesso rápido e fácil, privacidade, conforto, bem estar e estilo, a procura e indicação aumentam e a decisão do estudante e de seus pais acontece mais rapidamente, o que mantem o imóvel sempre ocupado. Produtos específicos que levem em conta os aspectos citados no início do artigo oferecem ao investidor um retorno mais elevado do capital, um baixo risco de vacância e inadimplência, maior valorização, além de mais liquidez e maior longevidade na geração de renda”, finaliza.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR