Curso preparatório da UFU para o Enem oferece 400 vagas; atividade também ocorrerá em Ituiutaba

Está disponível o edital de inscrições para o Programa de Ações Afirmativas Integradas (Afim), curso gratuito preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), promovido pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). São 400 vagas em todos os campi da universidade: Uberlândia, Ituiutaba, Monte Carmelo e Patos de Minas. As inscrições começam no dia 11 e vão até 15 de fevereiro. O edital está disponível no site www.proexc.ufu.br. Inscrições e a lista de aprovados também serão divulgados no site.

O Afim é um dos programas da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFU e tem como objetivo oferecer um curso preparatório para candidatos do Enem que não podem arcar com cursos particulares. O público-alvo é bem definido e tem como principal pré-requisito alunos de escolas públicas. Podem participar do processo seletivo estudantes do terceiro ano do ensino médio, alunos da última etapa do Ensino de Jovens e Adultos (EJA), egressos do ensino médio da rede pública, bolsistas integrais de escolas particulares e de renda familiar de até um salário e meio. Também é levada em consideração a autodeclaração étnica.

Segundo Sirlei Aparecida Martins, uma das coordenadoras do programa, a seleção dos candidatos é feita por uma pontuação determinada por cada requisito, conforme edital. Ao fazer a matrícula, o candidato passa pela etapa de comprovação, como é o caso da renda, por exemplo. As aulas do Afim 2019 começam no dia 25 de março e devem durar até o final do mês de novembro.

“Essas aulas vão até a prova do Enem. Como [o exame] ainda não tem data marcada, estaremos disponíveis até o dia 30 de novembro. As aulas [do curso] são diárias, no turno matutino e noturno. Às vezes acontecem aos sábados, com palestras, atividades interdisciplinares. Nós atendemos todas as disciplinas, inclusive algumas que nem são específicas como, por exemplo, relações étnico-raciais, que é uma disciplina bem inovadora”, disse a coordenadora.

DOCENTES

“O Afim é uma escola de professores”, afirma Sirlei Martins. O corpo docente do cursinho preparatório é formado por alunos de graduação da UFU que tenham, preferencialmente, habilitação em licenciatura. Os “novos professores” são acompanhados por docentes da universidade e professores da Escola de Educação Básica (Eseba). A seleção é feita por edital e o professor é remunerado por meio de uma bolsa de incentivo. “Como todo bolsista ele pesquisa, cumpre horário, dá plantão pedagógico no final da semana. Então ele sai um bom profissional”, comenta.

O fato do Afim ser ministrado por jovens também traz um diferencial para o curso. “Eles falam a mesma língua, dos próprios alunos, uma linguagem jovial, além de estarem com os estudos muito quentinhos, porque ainda são estudantes”.

Fonte: Diário de Uberlândia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR