Homem é morto a tiros após discussão em Uberlândia

A Polícia Militar de Minas Gerais em Uberlândia na noite do último sábado, 16, por volta das 19h47, foi acionada para comparecer na Rua Adamastor Leocadio, Bairro Carajás, onde a guarnição policial constatou a informação e verificou que a vítima Cláudio Aparecido de Rezende, de 42 anos, não apresentava sinais vitais e, visivelmente, possuía uma perfuração proveniente de disparo de arma de fogo na região da testa.

O local foi isolado e a pericia técnica foi acionada e recolheu três projéteis de arma de fogo, todos bastante danificados. Foi constatado que o corpo da vítima apresentava um total de seis perfurações provocadas por disparos de arma de fogo, duas de entrada nas costas, pelo lado esquerdo, uma de saída no tórax no lado direito, um no braço esquerdo com entrada pela frente, um no braço direito com entrada por trás e o último na testa, este a curta distância. O corpo foi encaminhado ao IML.

A família da vítima é residente no estado de São Paulo e foi avisada do crime. Informações colhidas pelos PMs no local relatam que a vítima residia no endereço há 15 dias, tendo alugado o imóvel do cunhado do suspeito do crime, C. F. G., de 40 anos.

Uma testemunha informou que presenciou a vítima indo até o local de residência do suspeito, localizada exatamente de frente à casa da testemunha e lá os dois teriam entrado em discussão e ficado com os ânimos bastante exaltados. O motivo seria porque a vítima tinha olhado e/ou importunado a filha do suspeito, de 18 anos.

A testemunha contou ainda que a vítima estaria fazendo uso de bebida alcoólica e, em dado momento, teria deixado o local e caminhado em direção de sua residência, que fica próxima do local. Neste momento, a testemunha disse ter entrado para sua casa e, logo em seguida, ouviu vários disparos de arma de fogo. Ao retornar até a via pública já deparou com o suspeito saindo às pressas de sua barraca, levando consigo os familiares, em um veículo GM/Corsa sedan, de cor preta. Depois olhou em direção da casa da vítima e não viu ninguém. Aproximadamente uma hora depois, uma pessoa conhecida da vítima foi até a residência e constatou que ele estava sem vida no interior do banheiro, quando então a Policia Militar foi acionada.

Os disparos ocorreram por volta das 18h40min. Foi observado que um dos disparos alvejou um portão de uma casa na lateral da casa da vítima, bem como que o portão da casa da vítima estava um pouco amassado, dando a entender que ocorreu um impacto de fora para dentro, marcas de tiros que alvejaram a parede da sala e de um pequeno corredor de frente ao banheiro, o que leva a entender que a vítima estava em via pública quando iniciaram os disparos contra ela e assim, teria corrido para dentro da residência, tendo o autor ido atrás efetuando os disparos dos quais pelo menos três alvejaram a vítima pelas costas.

Dados pessoais do suspeito foram colhidos com a testemunha e os da vítima, que não portava nenhum documento pessoal, foram confirmados com o familiar. Rastreamentos foram realizados na tentativa de localizar o suspeito, porém até o encerramento do registro, ele não foi encontrado.

Mais Lidas

To Top