conecte-se conosco

Economia

Edital de concurso da PRF disponibiliza 500 vagas com salários de R$ 9.473,57; confira

Publicado

em

As inscrições do concurso público da Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF 2018/2019) estão abertas. De acordo com o documento publicado, serão oferecidas 500 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal. O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), organizadora do certame, receberá os interessados até o dia 18 de dezembro.
A nova distribuição das vagas do concurso PRF foi divulgada no edital de retificação. Agora, as oportunidades estão distribuídas da seguinte maneira: Acre (17 vagas), Amazonas (28 vagas), Amapá (23 vagas), Bahia (17 vagas), Goiás (27 vagas), Maranhão (18 vagas), Minas Gerais (09 vagas), Mato Grosso do Sul (35 vagas), Mato Grosso (57 vagas), Pará (81 vagas), Piauí (22 vagas), Rio de Janeiro (10 vagas), Rondônia (74 vagas), Roraima (15 vagas), São Paulo (19 vagas) e Tocantins (25 vagas). O candidato deverá, obrigatoriamente, realizar todas as fases da primeira etapa no Estado escolhida para lotação.
A unidade de lotação do candidato estará vinculada ao Estado de vaga escolhida no momento da inscrição. O ocupante do cargo de Policial Rodoviário Federal permanecerá preferencialmente no local de sua primeira lotação por um período mínimo de três anos, exercendo atividades de natureza operacional voltadas ao patrulhamento ostensivo e à fiscalização de trânsito, sendo sua remoção condicionada a concurso de remoção, permuta ou ao interesse da administração.

Sobre o cargo de Policial do Concurso PRF 2018/2019
Para ingresso no cargo de Policial, o candidato deverá ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, o candidato deverá possuir Carteira Nacional de Habilitação ou permissão para conduzir veículos automotores de, no mínimo, categoria “B”, válida e sem impedimentos, e que não possua observação de adaptação veicular ou restrição de locais e (ou) horário para dirigir.
O salário INICIAL é de R$ 9.473,57, por jornada de 40 horas semanais. O Policial deverá realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional da Polícia Rodoviária Federal.
Inscrição Concurso PRF 2018/2019
Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever no endereço eletrônico oficial da banca organizadora entre 10 horas do dia 3 de dezembro de 2018 e 18 horas do dia 18 de dezembro de 2018 (http://www.cespe.unb.br/concursos/prf_18). A taxa de inscrição custa R$150,00.
O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 15 de janeiro de 2019.
Etapas e Provas Concurso PRF 2018/2019
O concurso da PRF 2018/2019 será composto por sete etapas:
a) prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; b) prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; c) exame de capacidade física, de caráter eliminatório, d) avaliação de saúde, de caráter eliminatório; e) avaliação psicológica, de caráter eliminatório; f) avaliação de títulos, de caráter classificatório; e g) investigação social, de caráter eliminatório, de responsabilidade da PRF.
A prova objetiva e a prova discursiva terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 03 de fevereiro de 2019, no turno da tarde.
A prova objetiva será constituída de itens para julgamento, agrupados por comandos que deverão ser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO, de acordo com o(s) comando(s) a que se refere o item. Haverá, na folha de respostas, para cada item, dois campos de marcação: o campo designado com o código C, que deverá ser preenchido pelo candidato caso julgue o item CERTO, e o campo designado com o código E, que deverá ser preenchido pelo candidato caso julgue o item ERRADO
Na data provável de 30 de janeiro de 2019, será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na internet, no endereço eletrônico da banca organizadora, o edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.
Os gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva serão divulgados na internet, no endereço eletrônico da banca organizadora, a partir das 19 horas da data provável de 4 de fevereiro de 2019 (horário oficial de Brasília/DF).
O edital de resultado final na prova objetiva e de resultado provisório na prova discursiva será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/prf_18, na data provável de 20 de fevereiro de 2019.
Fonte: Notícias Concursos

Economia

5 dicas úteis para economizar nas contas e melhorar a saúde financeira

Publicado

em

Para evitar o atropelo nas contas e se organizar melhor com as finanças, especialistas indicam algumas ações que podem ser adotadas no nosso dia a dia. Repensar hábitos, por exemplo, além de fazer substituições, são iniciativas que podem interferir diretamente nas despesas e auxiliar na busca por uma vida financeira saudável.

De acordo com a Simplic – fintech de crédito online – a organização financeira se tornou algo essencial e pode ajudar principalmente em momentos de corte de orçamento. A empresa listou 5 dicas para ajudar as pessoas a economizarem de forma prática e assertiva. Confira:

1. Crie uma lista de compras para ajudar a economizar
Fazer uma lista de compras não traz apenas economia financeira, mas também poupa algum tempo e possíveis desperdícios. Se planejar – seja para ir ao supermercado e até mesmo para realizar compras pela internet – é essencial para não extrapolar as contas. Tome cuidado com as compras por impulso – principalmente nos sites e e-commerces, elas interferem diretamente no orçamento do mês. E se possível, evite fazer compras quando se está com fome, essa ação pode causar gastos extras.

2. Organize as refeições e congele alimentos
Para economizar em casa com a alimentação uma dica é fugir, se possível, dos deliverys, utilizando o serviço, por exemplo, apenas em ocasiões especiais ou aos finais de semana. Comprar ingredientes e preparar os pratos que mais gosta de comer em casa pode garantir uma boa economia. A internet disponibiliza muitas receitas, vídeos e tutoriais que podem ajudar na hora de cozinhar, evitando gastos que podem deixar a conta negativa no final do mês.

Outra dica importante é congelar! Grande parte da economia com alimentação pode ser obtida com o congelamento de produtos. O processo é um aliado perfeito para não pesar o bolso com compras desnecessárias e desperdício. A dica aqui é congelar as refeições que sobrarem e os alimentos em excesso na despensa (ou que não se destinem a consumo imediato). Isso irá ajudar com o cardápio para as próximas semanas.

3. Aposte na luz natural para reduzir a conta
A luz é uma das contas que mais pesa no orçamento familiar. Utilizar a luz do sol, deixando portas e janelas abertas por exemplo, pode reduzir até 5% os gastos mensais, conforme a ONS – Operador Nacional do Sistema Elétrico. Outra dica: o Brasil é um país tropical e tem dias muito quentes. E para as crianças, os pais devem orientar para sempre apagar as luzes, não deixar a televisão, computador e videogame ligados na tomada caso não estejam utilizando.

4. Crie novos hábitos para diminuir a conta de água
Para impactar diretamente nas contas da casa é preciso criar novos hábitos. Lavar a louça, por exemplo, pode desperdiçar mais água do que imaginamos e por isso vale ficar atento. Na hora do banho, recomenda-se alguns cuidados: banhos mais curtos e ações como deixar o chuveiro desligado enquanto se ensaboa ou passa shampoo, podem ajudar. Outra dica, que muitas vezes passa despercebida, é manter a torneira fechada enquanto lava as mãos, o rosto ou escova os dentes. Com essas medidas, o uso de água no banho cai de 180 para 48 litros. Para casas com crianças, vale também reforçar a mensagem, ensinando os pequenos sobre a importância do tema, explicando que economizando, ajudamos também o meio ambiente.

5. Separe itens “encalhados” para fazer uma grana extra
Poucas famílias têm o hábito de se desfazer de móveis, brinquedos, roupas, equipamentos eletrônicos, eletrodomésticos, que não usam mais. Se a ideia é economizar, porque não dar uma geral em casa e relacionar tudo que pode servir as outras pessoas. Separe os itens que podem ir para doação e outros que é possível vender. Por meio de sites de produtos usados como o Enjoei ou de Marketplaces como o Mercado Livre é possível divulgar o produto na internet e quem sabe, gerar uma graninha extra. Outra dica é divulgar os itens nas redes sociais e até mesmo nos grupos dos amigos pelo whatsapp.

Continue lendo

Economia

Levantamento do CDL aponta 244 demissões em Ituiutaba no mês de março

Publicado

em

Foto: Arquivo/Pontal em Foco

A Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Ituiutaba divulgou o Índice de Desemprego do mês de março, com levantamento realizado entre os dias 1º e 31, totalizando 90 empresas e 244 demissões. A elaboração do estudo também teve contribuição de contadores atuantes no município.

Conforme o presidente da CDL Ituiutaba, Anderson Melo, nos três últimos meses, desde dezembro, o número de contratações era maior que o de demissões. Já em março, houve crescimento nas demissões, chegando ao número de 244, já descontado o número de contratações realizadas no mesmo período.

Anderson também disse que o número de férias concedidas aos empregados subiu em março. “Aguardamos que o quanto antes o comércio possa novamente estar aberto, evitando o aumento de demissões, pois a previsão é de que até o triplo do número apresentado em março ocorra em abril e maio caso o cenário não mude. Esperamos que o comércio tijucano torne-se pujante novamente, em breve”, finalizou.

 

Continue lendo

Economia

Covid-19: BC anuncia que pode liberar até R$ 650 bilhões na economia

Publicado

em

Foto: EBC

Instituições financeiras poderão pegar empréstimos com o Banco Central. A previsão é de liberação de R$ 650 bilhões na economia.

Na noite dessa quarta-feira (1º), em reunião extraordinária, o Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou o Banco Central (BC) a conceder empréstimos aos bancos tendo como garantia as carteiras de crédito dessas instituições. As operações terão prazo de, no mínimo, 30 dias e, no máximo, 359 dias corridos.

Segundo o BC, a Linha Temporária Especial de Liquidez (LTEL) tem o objetivo de oferecer a liquidez (recursos disponíveis) “necessária para que o Sistema Financeiro Nacional possa se manter estável frente ao aumento da demanda observada no mercado de crédito, fruto dos reflexos da propagação da Covid-19”.

O BC informou em nota, divulgada hoje (2), que a adoção dessas linhas especiais de liquidez pelos principais bancos centrais no mundo tem sido instrumento “amplamente utilizado” como uma das respostas à crise.

“A fim de conferir maior segurança à operação, os créditos serão dados em garantia no âmbito de registradora de ativos financeiros e transferidos ao BC mediante a emissão de uma Letra Financeira Garantida (LFG), depositada em depositário central”, diz o BC.

De acordo com o BC, serão aceitos créditos com níveis baixo de risco, avaliados como AA, A e B, mediante exigência de garantia em valor superior ao do empréstimo, de forma proporcional ao risco das operações de crédito ofertadas em garantia.

O BC informou que estabelecerá os critérios e as condições operacionais.

Continue lendo

+ lidas