Economia

IPVA 2020: pagamentos começam na próxima semana em Minas; veja o calendário

Os motoristas de Minas Gerais deverão se preparar para começar a pagar o IPVA MG 2020. As cobranças terão início no próximo dia 13 e se estenderão até o mês de março. Esse ano, o tributo contará com uma redução de quase 10% em relação ao que foi cobrado em 2019 e deve arrecadar aproximadamente R$ 5,93 bilhões para o estado.

O calendário de pagamento foi divulgado pela Secretaria da Fazenda de MG e permite que o imposto seja parcelado em até três vezes.

Entre os meses de janeiro, fevereiro e março os proprietários dos automóveis deverão prestar conta do tributo a partir da numeração final das placas.

O valor médio será de cerca de R$ 587,90. No caso dos veículos 0km, emplacados em 2019, a média do IPVA 2020 vai ser de R$ 944,21.

Descontos no IPVA MG 2020

Quem optar pagar a parcela única à vista contará com 3% de desconto. Já os motorista que quitarem o IPVA em dia nos anos de 2018 e 2019 terão direito a mais 3% de redução, podendo chegar a 9% no total. Segundo o Detran do estado, serão cerca de 2,2 milhões de veículos contemplados.

Alíquotas

Para definir o valor final do tributo, a secretaria considera o valor venal (preço de venda do automóvel) multiplicado pelas alíquotas. Esse ano, elas serão de:

  • 1%, para veículos de locadora, ônibus, micro-ônibus, caminhão e trator;
  • 4% para automóveis, utilitários e caminhonetes (exceto as de carga de cabine simples e furgão, sobre as quais incidem 3%);
  • 2% para motocicletas ou similares.

Boletos

Quem quiser emitir as guias de pagamento deve acessar o site do Detran do estado. Basta selecionar a opção imposto, IPVA e informar o número do Renavan. O carnê será disponibilizado automaticamente para impressão.

O pagamento do IPVA MG 2020 poderá ser feito presencialmente (nas agências bancárias) ou pelos aplicativos das instituições financeiras.

Segundo dados da Secretaria de Fazenda, Minas Gerais contabilizou uma frota de veículos de de 10,1 milhões em 2020. Dessa quantia, cerca de 3 milhões (29,78% do total) está na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com o crescimento de 3,74% em relação a 2019, o valor que se espera arrecadar subiu para 9,7%.

Fonte: FDR

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top