Redação | Comercial
Educação

Escolas municipais entram em greve geral a partir de sexta-feira (31)

A partir da próxima sexta-feira (31), os trabalhadores da rede municipal de ensino entram em greve por tempo indeterminado. A decisão foi deliberada em assembleia realizada na segunda-feira (27).

Conforme explica o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Município de Ituiutaba (Sintemi), José Rafael Rosa, a pauta nacional da categoria é o posicionamento contra a Reforma da Previdência e da Lei que amplia a terceirização no serviço público e privado.

Já, na pauta municipal, os servidores da educação reivindicam o cumprimento do piso salarial, o fim da lei do Castigo e a inserção dos profissionais técnicos administrativos no plano de carreira. “Estamos na luta para que a questão da licença-saúde por mais de 60 dias, não seja um impeditivo na progressão de carreira. Porque hoje, o professor que tira mais de 60 dias de licença-saúde, ele perde na questão da progressão da carreira, que acontece a cada dois anos. Essa é outra reivindicação da categoria”, acrescenta.

O sindicalista no município também afirma que equipes do Sintemi estão percorrendo as escolas municipais para fazer um balanço da adesão à greve. “Alguns colegas ainda estão com dúvidas. O objetivo é fazer com que toda a rede municipal entre em greve”, afirma.

 Veja Também:

Após nova assembleia, professores do estado continuam greve por tempo indeterminado

 

Jaqueline Barbosa

Jornalista tijucana, com formação em Comunicação Social / Habilitação em Jornalismo na Universidade de Uberaba

Uma resposta para “Escolas municipais entram em greve geral a partir de sexta-feira (31)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *