Redação | Comercial
Educação

Reivindicações levam universitários a ocuparem a UFU

O atraso no pagamento das bolsas de assistência estudantil, bem como o fim do convênio entre a Universidade Federal de Uberlândia e um clube da cidade, motivaram universitários a ocuparem o Bloco C da universidade nesta segunda-feira (09).

Conforme explica a estudante de geografia, Juliana Cristina de Oliveira, as Bolsas de Assistências Estudantis deveriam ser depositadas no dia de 20 setembro, entretanto, até semana passada, o crédito ainda não havia sido feito. “A metade desse dinheiro só caiu na sexta-feira (06), e a outra metade está sendo depositada hoje”, explica. De acordo com ela, a Bolsa de Acessibilidade e a Bolsa Creche também não foram pagas.

Outra reivindicação, explica ela, diz respeito ao convênio entre a universidade e o Ituiutaba Clube, para que os estudantes possam realizar os treinos das respectivas atléticas e participar dos eventos esportivos, bem como para o lazer dos universitários. Acontece que, como o campus da Pontal da UFU não conta com quadras esportivas, o clube é usado para este fim. “Desde o final de agosto não temos mais acesso ao clube. Já falamos na UFU, na Diesu, e não conseguimos um retorno positivo. Em novembro teremos as Olimpíadas estudantis e não temos lugar para treinar”, explica.

Ontem (09), universitários organizaram um almoço comunitário na UFU, para ajudar os estudantes que ainda não haviam recebido a Bolsa Assistência. “O momento foi oportuno também para articularmos a ocupação do Bloco C, no setor administrativo, nessa segunda-feira. A ocupação segue até às 23h”, disse.

Um ato pelo esporte e lazer está agendado hoje para às 14h, onde estudantes vão promover atividades físicas no campus em repúdio à situação enfrentada.

Tags:
 

Jaqueline Barbosa

Jornalista tijucana, com formação em Comunicação Social / Habilitação em Jornalismo na Universidade de Uberaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *