Esportes

Atleta de Ituiutaba conquista prata e bronze no Campeonato Brasileiro de Kickboxing

No início do mês de julho aconteceu em Maringá, no Paraná, o Campeonato Brasileiro de Kickboxing, reunindo mais de mil atletas nas categorias masculino e feminino, com representantes de 19 estados brasileiros que lutaram pelo título de campeões do 28º Campeonato Brasileiro da categoria Adulto e pelo 22º Campeonato Brasileiro Sub-17. A competição que aconteceu na Vila Olímpica da cidade foi promovida pela Confederação Brasileira de Kickboxing.

Minas Gerais foi representada por 51 atletas, o sétimo estado com maior número de participantes e no número de medalhas ao final da competição com 10 ouro, 8 prata e 4 bronze.  Entre esses estão as que Ituiutaba, com a representação de André Luiz Correa do Carmo Teodoro conquistou, um atleta que tem experiência em competições praticando artes marciais desde os 12 anos de idade, atualmente faixa preta na modalidade e acumula diversos prêmios ao longo dos mais de 20 anos praticando o Kickboxing, entre os títulos estão os de Campeão Mineiro Profissional Cinturão, 12 vezes campeão brasileiro, 2 vezes campeão copa Brasil, 1 vez campeão sul-americano. No último combate do Brasileiro em Maringá, o atleta recebeu um chute rotativo, golpe rápido e muito forte e fraturou o Nariz, o que o impossibilitou de lutar pelo primeiro lugar da sua categoria. Apesar do incidente ele considera sua participação positiva, pois está retornando as competições depois de um tempo se dedicando apenas a sua academia, que hoje reúne cerca de 200 atletas em Ituiutaba, e mesmo depois de algum tempo sem participar de disputas oficiais conseguiu além das medalhas conquistadas nos quatro dias de competição, pois lutou em diferentes categorias, trazer uma de bronze e uma de prata pra casa e ainda a classificação para próxima etapa que será em setembro, em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, pois o objetivo do atleta e participar do Campeonato Pan-Americano, em Cancún, no México, em outubro deste ano.

André Luiz se prepara para passar por mais um desafio e garantir a participação chegando ao Pan Americano, em sua melhor forma técnica e física e buscar uma medalha ainda não conquistada pelo atleta para seu currículo e para o Pontal do Triângulo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR