conecte-se conosco

Esportes

Seleção Brasileira feminina estreia na Copa do Mundo no domingo (9); natural de Ituiutaba, Poliana disputará seu segundo Mundial

Publicado

em

A Seleção Brasileira entra na oitava edição da Copa do Mundo feminina em busca do título inédito. A competição será disputada entre os dias 7 de junho e 7 de julho de 2019, na França.

Fabi Simões não vai disputar a competição com a seleção brasileira. A lateral-direita de 29 anos sofreu uma lesão de grau I no músculo semitendinoso da coxa direita e não vai se recuperar a tempo do Mundial. Por isso, a CBF informou que Poliana Barbosa, do São José-SP, foi chamada para seu lugar.

Natural de Ituiutaba, a lateral-direita disputará sua segunda Copa do Mundo: a primeira foi em 2015, no Mundial de Toronto. Na ocasião, o Brasil foi eliminado nas oitavas de final, para a Austrália, pelo placar de 1 a 0. A atleta também esteve em sua primeira Olimpíada, em 2016, no Rio de Janeiro.

Poliana Barbosa voltou ao São José neste ano. Já disputou 15 jogos, sendo nove pelo Campeonato Brasileiro e seis pelo Campeonato Paulista. A jogadora está em sua segunda passagem pelo futebol paulista na equipe. Na primeira, conquistou inúmeros títulos: Mundial de Clubes (2014), Libertadores (2011, 2013 e 2014), Copa do Brasil (2012 e 2013) e um tricampeonato Paulista (2012, 2014 e 2015). Inclusive, foi dela o gol que garantiu a primeira conquista internacional da equipe, em 2011, na vitória do São José sobre o Colo Colo, do Chile.

A jogadora demonstra felicidade em ser convocada para o Mundial, mas manda mensagem para Fabi: “Estou muito feliz pela convocação, faltam até palavras para descrever esse momento. É sempre uma honra e um prazer imenso servir e representar nossa nação. Mas, também fico triste pela Fabiana, que acabou sofrendo uma lesão e a quem desejo melhoras e uma boa recuperação. O torcedor pode esperar muita raça, vontade e determinação da nossa seleção. Esperamos fazer um ótimo Mundial e conquistar bons resultados”, disse Poliana.

Mundial

A Copa do Mundo feminina da França será disputada por 24 seleções e em sete cidades-sede: Paris, Lille, Nice, Montpellier, Rennes, Le Havre, Valenciennes, Reims e Grenoble. Na primeira fase, as equipes foram divididas em seis grupos de quatro equipes. As duas melhores colocadas de cada grupo passam às oitavas de final, assim como as quatro melhores terceiras colocadas.

Todas as etapas eliminatórias serão disputadas em jogo único. Em caso de empate, terá prorrogação e, se necessário, pênaltis. A Seleção Brasileira está no Grupo C, junto de Austrália, Itália e Jamaica. 

A primeira fase vai do dia 7 de junho até o dia 17. As oitavas vão do dia 22 até 25 de junho. As quartas vão do dia 27 até o dia 29. As semifinais serão no dia 2 e 3 de julho. A disputa de terceiro lugar será no dia 6. A final será no dia 7.

Horários

9/6 – 10h30min – Brasil x Jamaica – Grenoble
13/6 – 13h – Brasil x Austália – Montepellier
18/6 – 16h – Brasil x Itália – Valenciennes

Transmissão

  • A TV Globo fará a transmissão dos jogos da Seleção Brasileira.  
  • O SporTV fará a transmissão de todos os jogos da competição.

Histórico

O Brasil participou de todas as sete edições da Copa do Mundo Feminina. O retrospecto é de 18 vitórias, quatro empates e sete derrotas. O primeiro Mundial aconteceu em 1991, na China. A melhor colocação brasileira foi em 2007, com o vice-campeonato diante da Alemanha, na China. Em 1999, nos Estados Unidos, o Brasil ficou em terceiro ao vencer a Noruega.

Convocadas

Goleiras: Aline, Bárbara e Letícia Isidoro 
Laterais: Poliana Barbosa, Letícia Santos, Ramires e Camila 
Zagueiras: Erica, Kathellen, Mônica e Tayla 
Meio-campistas: Andressinha, Formiga, Adriana e Taisa 
Atacantes: Bia Zanerato, Cristiane, Geyse, Raquel, Debinha, Ludmila, Andressa Alvez e Marta

Esportes

Covid-19: Tradicional Torneio de Wimbledon é cancelado

Publicado

em

Pela primeira vez desde 1945, na ocasião da Segunda Guerra Mundial, o torneio de tênis de Wimbledon (Inglaterra) não será disputado. O All England Club, organizador de um dos eventos mais tradicionais do esporte mundial, anunciou nesta quarta-feira (1º) o cancelamento da edição deste ano do torneio. O campeonato, que faz parte do chamado Grand Slam da modalidade – as quatro maiores competições do circuito mundial de tênis engloba ainda Aberto da Austrália, Roland Garros e US Open – estava marcado para iniciar em 29 de junho, mas não será realizado em função do combate à pademia do novo coronavírus (covid-19), que já infectou quase 30 mil pessoas e vitimou outras 2.352 no Reino Unido.

“O principal, para nós, é a saúde e a segurança de todos que se reúnem para fazer Wimbledon acontecer – público no Reino Unido, visitantes, jogadores, convidados, membros, equipe, voluntários, parceiros, contratados e residentes locais – assim como nossa responsabilidade com os esforços da sociedade para enfrentar esse desafio global”, relata o comunicado oficial publicado no site oficial.

“Vamos nos concentrar em como podemos usar a amplitude dos recursos de Wimbledon para ajudar aqueles em nossas comunidades. Nossos pensamentos estão com os que já foram e continuam a ser afetados nesse momento sem precedentes”, disse o presidente do All England Club, Ian Hewitt, também conforme a nota. Os organizadores já haviam informado ser difícil adiar o torneio por conta do curto período do ano disponível para jogos em quadras de grama, cuja qualidade é afetada em épocas de muita chuva ou frio.

Disputado desde 1877, Wimbledon só não havia sido realizado entre 1916 e 1918 e, depois, entre 1941 e 1945, sempre por causa das Guerras Mundiais. A próxima edição está marcada para 28 de junho a 11 de julho do ano que vem.

Além da competição em solo britânico, outro Grand Slam já havia sido afetado pela pandemia do novo coronavírus. O torneio de Roland Garros, programado para maio, foi transferido para setembro. Tal qual Wimbledon, o campeonato em Paris (França) só deixou de ocorrer até hoje por conta das duas guerras mundiais. Já o US Open (Estados Unidos), previsto para iniciar em 24 de agosto, continua nos planos, segundo nota da Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA, sigla em inglês).

Ainda nesta quarta (1), as Associações dos Tenistas Profissionais (ATP) e de Tênis Feminino (WTA, sigla em inglês), além da Federação Internacional de Tênis (ITF, sigla em inglês) – responsável pelos torneios de juniores, veteranos e cadeirantes – prorrogaram a suspensão de seus respectivos circuitos mundiais até 13 de julho, justificando “priorizar a saúde e a segurança da comunidade tenística e do público em geral”.

Continue lendo

Esportes

COI anuncia novas datas para Olimpíada e Paralimpíada do Japão em 2021

Publicado

em

Foto: Reuters

Os Jogos de Tóquio (Japão) estão oficialmente remarcados. A Olimpíada será disputada entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021. Já a Paralimpíada ocorrerá entre 24 de agosto e 5 de setembro, também do ano que vem.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (30) após uma conferência por telefone entre o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, e as autoridades japonesas. O adiamento dos Jogos, confirmado na última terça-feira (24), deu-se por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19) que, além de colocar em risco a saúde de atletas, técnicos, dirigentes e torcedores, prejudicou a preparação dos esportistas com o cancelamento de competições e o fechamento de clubes e centros de treinamento.

“Estou confiante de que, trabalhando junto com o Comitê Organizador dos Jogos, patrocinadores e governo japonês, poderemos enfrentar esse desafio sem precedentes. A humanidade se encontra em um túnel escuro, e esses Jogos podem ser a luz no fim deste túnel”, declarou Bach, após a reunião, conforme nota oficial publicada no site do COI.

“As novas datas dão certeza aos atletas, aos patrocinadores e ao resto do mundo. A prioridade de todos no movimento paralímpico deve ser manter-se a salvo com famílias e amigos nesse momento sem precedentes. Vamos trabalhar com as federações internacionais e estabelecer novos critérios de qualificação, respeitando totalmente aqueles já classificados aos Jogos”, afirmou, também em nota, o presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês), Andrew Parsons.

Entre os próximos detalhes a serem solucionados, estão a confirmação dos locais de prova – os comitês responsáveis pelos Jogos precisarão renegociar contratos para utilização de estruturas acordadas para 2020 – e a situação dos ingressos que já haviam sido comercializados.

Continue lendo

Esportes

Inscrições na Copa de Futebol Beira Rio Sicoob podem ser feitas até 22 de março

Publicado

em

Foto: Rodrigo Augusto - Pontal em Foco

O Clube de Campo Beira Rio está com inscrições abertas para associados interessados em disputar a 14ª Copa de Futebol Beira Rio Sicoob. Os atletas podem ser inscrever na secretaria ou na portaria do clube até o dia 22 de março.

A competição tornou-se referência no contexto futebolístico na região, sendo sucesso absoluto junto à comunidade esportiva em Ituiutaba e uma das maiores competição de futebol do Pontal do Triângulo Mineiro.

A copa é fruto da parceria do Clube de Campo Beira Rio e de seu patrocinador Sicoob/Credipontal, envolvendo em cada uma das competições média de 850 atletas inscritos, aproximadamente 50 equipes, representando empresas da nossa cidade, sendo realizadas em média 150 partidas em cada copa.

As solenidades de abertura e encerramento são prestigiadas por autoridades e grande número de associados que ocupam as dependências do clube e, que além de acompanhar as disputas dos clássicos locais também são brindados com shows musicais com nomes conhecidos no meio artístico.

O sucesso da competição é o resultado de um trabalho de vários anos da diretoria que tem carinho especial pelos eventos esportivos do clube valorizando o lazer e a atividade física saudável para o associado Beira Rio.

Mais informações pelos telefones (34) 3269-7271, (34) 3268-8264 ou WhatsApp (34) 99687-1910.

Continue lendo

+ lidas