Redação | Comercial
Ituiutaba e Pontal

Carta de Chico Xavier é patrimônio cultural de Gurinhatã

O Departamento de Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Prefeitura de Gurinhatã, inventariou como bem cultural a carta de propriedade do Sr. Tobias Ribeiro, recebida do Médium Chico Xavier. É uma carta muito significativa pelo modo como aconteceu o contato entre o Tobias e o mais famoso dos médiuns espíritas do Brasil.

A história, contada pelo próprio Tobias, aconteceu na década de 1960. O Sr. Tobias sempre foi espírita e, nesta época, estava com uma demanda sobre posse de terras, a qual o aborrecia muito. Mas religioso que era, pensou em tomar algum conselho com alguém de sua religião, tendo então a ideia de escrever uma carta para Chico Xavier e receber dele um conselho.

Escreveu então a carta contando todo o seu problema que o afligia. Mas chegando à noite, resolveu queimar a carta, para não colocar nomes de outras pessoas em público. E assim resolveu não enviar mais a carta. Isso foi num domingo.  No outro domingo, o Sr. José Ribeiro, que era chefe da agência do Correio local, notificou o Sr. Tobias sobre uma carta que havia chegado para ele.

Nessa época Tobias morava na Fazenda do Matão e o serviço de Correios era no Distrito de Gurinhatã. Na segunda-feira Tobias foi até à agência de Correios na sede do Distrito, hoje município de Gurinhatã, e para sua surpresa, a carta vinha de Uberaba e era uma carta escrita por Chico Xavier. Quando abriu a carta, recebeu os conselhos de que tanto precisava para resolver os seus problemas. Além da carta, Chico Xavier enviou dois panfletos com mensagens espirituais. A carta foi lida por várias pessoas e, posteriormente, levada até Uberaba para testemunho dos integrantes da religião espírita e de simpatizantes.

De acordo com o Departamento de Educação de Gurinhatã, a equipe de Patrimônio Cultural composta por Cláudio Scarparo Silva e Antônio Cézar da Costa realizaram a pesquisa do envelope da carta com os panfletos, que serão incluídos na lista de bens culturais do município de Gurinhatã.

Esses fatos fazem parte da história do município e merecem sua preservação na avaliação da  equipe, que tem o apoio total da diretora do Departamento, Olésia Martins e do prefeito Wender Luciano.

(Via Ascom)

CLOSE
FECHAR