Redação | Comercial
Minas Gerais

Justiça aceita denúncia contra irmão de Bruno pelo sequestro de Eliza Samudio

O juiz Marco Couto, titular da 1ª Vara Criminal Regional de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, aceitou, denúncia oferecida pelo Ministério Público contra Rodrigo Fernandes das Dores de Souza, irmão do goleiro Bruno, e Anderson Rocha da Silva, o Russo, pela participação no sequestro da modelo Eliza Samudio, em 2009. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (20), na página do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Na época, a investigação concluiu que eram quatro homens que ocupavam o carro que transportou Eliza durante o sequestro, mas só Bruno e Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, haviam sido identificados.

Ainda de acordo com as investigações, no momento em que Bruno ameaçava e obrigava Eliza a entrar em seu carro, Rodrigo encontraria no interior do veículo, escondido, deitado no banco traseiro. Logo em seguida, Russo e Macarrão também teria, entrado no veículo.  Então Eiza teria sido levada para o apartamento de Bruno, quando teria sido obrigada a tomar medicamentos abortivos.

Para não interferir na tramitação do processo, em razão de não terem sido identificados todos os participantes do sequestro, a Justiça decidiu pelo desmembramento das investigações, o que possibilitou o julgamento de Bruno e Macarrão separadamente.

O Ministério Público chegou a solicitar arquivamento do inquérito relativo a Anderson e Russo, porém, o juiz Marco Couto entendeu que havia provas suficientes para o prosseguimento das investigações e identificação dos demais sequestradores.

Fonte: TJMG /  Via: Hoje em Dia

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.