Ocorrências

Aos gritos de socorro e muito ferida, mulher é resgatada de cárcere privado em Uberlândia

Foto: Bruno Rocha / TV Vitoriosa

Um caso de cárcere privado, tortura e tentativa de homicídio foi registrado em Uberlândia na madrugada deste sábado, 3. A Polícia Militar (PM) foi acionada por populares no Bairro Santa Mônica, na Rua Pedro José Samora, antiga 17, em um imóvel abandonado, onde havia uma mulher gritando por socorro. O autor do crime é o companheiro da vítima, segundo ela própria.

Ao chegarem no local, os militares tiveram que arrombar a porta de um cômodo para retirar a vítima. Ela estava seminua, amarrada e sangrava muito no rosto e na região genital. Havia queimaduras de cigarro no corpo da mulher, que também teve grande parte dos cabelos cortados. Uma grande quantidade de cabelos estava no chão e em um sofá velho.

Muito abalada e ferida, a mulher relatou que só não foi morta, porque a polícia chegou no intervalo de saída do agressor. Segundo ela, o homem a torturou com espancamentos e prometeu que buscaria uma arma para matá-la. Assim que ele saiu ela começou a gritar por socorro e foi ouvida.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou a mulher para atendimento médico. Os olhos dela praticamente não se abriam devido ao inchaço.

Conforme apurado pela Polícia, o motivo deste crime pode estar relacionado a ciúmes do marido pela companheira. Vizinhos disseram que as filhas da vítima teriam presenciado o fato, mas nenhuma criança foi encontrada. A vítima será interrogada após alta médica.

Os militares realizam buscas para encontrar o autor do crime, que já foi identificado, porém não teve a identidade revelada. Ele tem passagens por lesão corporal.

Fonte: Portal V9

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR