Ocorrências

Após denúncia, PM apreende 25 quilos de pescado irregular na zona rural de Ipiaçu

Na manhã da última terça-feira, 7, a Polícia Militar de Minas Gerais de Meio Ambiente recebeu denúncia com relatos de que em um rancho de pesca na cidade de Ipiaçu haveria um freezer cheio de pescado nativo, de espécies que devem ser preservadas na Piracema.

De posse das informações foram realizadas diligências na cidade de Ipiaçu, sendo localizado o rancho denunciado e feito contato com o proprietário do imóvel, um senhor de 67 anos, o qual armazenava  em um feezer do imóvel 25 quilos de pescado nativo da região, das espécies conhecidas popularmente por “barbado”, “pacu” e “piau”.

Durante a fiscalização restou verificado que o pescado era armazenado de forma contrária as normas ambientais, sem a devida comprovação de origem e de espécies que devem ser preservadas na Piracema.

Além disso, foram encontrados guardados em um freezer antigo do lado externo do imóvel, matériais de pesca proibidos para a categoria amadora, como: rede, espinheis e anzois em litros “João Bobos”.

Diante das infrações constatadas foram aplicadas penalidades administrativas de lavratura de auto de infração no valor de R$ 10.429,59, apreensão do material de pesca e pescado irregular.

Cabe salientar que no início do período da Piracema o pescador profissional e/ou quem comercializada/armazena pescado tem que fazer a Declaração de Estoque.

Cumpre também informar que não devem ser capturadas, armazenadas ou transportadas espécies que devem ser preservadas no período de defeso, salvo se provenientes de comércio legalizado com a devida documentação que comprove sua legalidade.

O pescado irregular foi apreendido e será encaminhado para um profissional habilitado, a fim de que ateste se esta próprio ou não para consumo humano, para que seja definida sua destinação.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top