Ocorrências

Dívida de R$ 13,00 e venda de macarrão a prazo ocasionam tentativa de homicídio em Uberlândia; vítima sofreu sete facadas

A Polícia Militar em Uberlândia na noite da última segunda-feira, 2 de setembropor volta das 21h21, foi acionada para comparecerna rodovia BR-050, altura do KM 73, na zona rural, através do 190, com uma denúncia anônima que informou que haveria um indivíduo esfaqueado no interior do assentamento “Fidel Castro”, situado às margens da rodovia, próximo da concessionária Escandinávia.

A guarnição policial empenhada percorreu diversas ruas do assentamento e, com informações de moradores, localizou a vítima inconsciente, deitada em uma cama no interior de um barraco.

Através de informações, os militares localizaram o suposto autor em um barraco próximo de onde a vítima estava deitada. Após a abordagem policial, identificaram o autor J. C. G., de 50 anos, que relatou sua versão dos fatos, dizendo que é proprietário de um comércio no interior do assentamento e que teria ocorrido um desentendimento entre ambas as partes, devido uma dívida em atraso no valor de R$ 13,00, consumidos em mercadoria e o que teria motivado a briga seria um macarrão que a vítima pretendia comprar a prazo.

A vítima contou aos PMs que diante da negativa do autor em vender “fiado”, ambos entraram em luta corporal, vindo a vítima a atacar o autor com uma faca. O autor conseguiu inverter a posse da faca, vindo a desferir sete golpes de faca, sendo cinco na região dorsal e duas na face da vítima.

Após a briga o autor entrou no seu barraco e lá permaneceu. Ele relatou ainda que durante a luta corporal foi lesionado com um golpe de faca na perna direita e com um soco no olho direito.  

O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar os primeiros socorros e fez a condução da vítima para o atendimento médico. A vítima é R. C. S. M., de 23 anos. Ao chegar na UAI Tibery, ela teve um surto e recusou atendimento médico, tentando inclusive fugir do local, dizendo a todo momento que não queria receber atendimento médico, sendo necessário sua contenção por policiais e enfermeiros, a fim de receber um anestésico para ser avaliado e atendido pelo médico.

A vítima recebeu tratamento médico e permanece sob observação médica. O autor foi atendido também na UAI e liberado após receber tratamento médico e conduzido à delegacia de Polícia Civil. A faca utilizada no crime foi localizada suja de sangue, próximo ao barraco em que o autor se encontrava.

Mais Lidas

To Top