Ocorrências

Ema ferida é resgatada na MGC-226 em Ipiaçu; animal foi levado para atendimento em Ituiutaba

Após avaliação inicial, a ema poderá ser transferida para o Setor de Animais Silvestres da Universidade Federal de Uberlândia- UFU, na cidade de Uberlândia

A Polícia Militar de Meio Ambiente em Ipiaçu, na última quarta-feira, 18, por volta de 15h, realizou o resgate de um animal silvestre ferido. O fato ocorreu na rodovia MGC-226, altura do KM 81, onde foi localizada uma ema que, possivelmente, após ser atropelada, se encontrava com uma de suas pernas fraturadas e com um ferimento aparentemente grave em seu corpo.

O animal foi removido com toda cautela para não ocorrer agravamento nos ferimentos, com destino a uma clínica veterinária na cidade de Ituiutaba, para o atendimento emergencial especializado, e caso seja necessário, depois de uma avaliação inicial, poderá ser transferida para Setor de Animais Silvestres da Universidade Federal de Uberlândia- UFU, na cidade de Uberlândia.

A migração de animais silvestres infelizmente é uma realidade, dentre os fatores causadores são a expansão urbana, o avanço das fronteiras agrícolas, dentre outros fatos acabam por destruir ou reduzir o habitat natural dos animais uma verdadeira caminhada pela vida em busca de alimento, água e abrigo.

Cabe ressaltar que o animal silvestre não ataca, mas se acuado, pode por instinto atacar para se defender, sendo assim para preservar a integridade física dos animais e das pessoas, o mais prudente e correto é ligar para as autoridades competentes para fazerem a correta contenção/captura e a remoção do animal.

A ema é uma ave corredora, que vive nas planícies da América do Sul, do Brasil até o sul da Argentina, vive nas regiões campestres e cerrados. Embora possua grandes asas, ela não voa.

Tags:
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR