Redação | Comercial
Ocorrências

Envolvidos em morte de grávida em Ituiutaba vão a júri popular hoje (27)

O corpo da vítima foi encontrado em uma represa. Foto: Adelino Júnior / Pontal em Foco

Lucas Mateus Silva, travesti conhecida como Mirela, de 22 anos; e Jhonatan Martins Ribeiro de Lima, 24 anos; envolvidos na morte de Greiciara Belo Vieira, estão em julgamento, Júri Popular hoje, 27. A audiência começou às 8h.

A vítima, de 19 anos, estava grávida e foi encontrada morta em uma represa de Ituiutaba em agosto do ano passado. Ao todo, seis pessoas estão presas pelo crime, inclusive a mandante do crime.

Além de Jhonatan e Lucas, também foram indiciados pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, sequestro, ocultação de cadáver e subtração de incapaz: Shirley de Oliveira Benfica, de 30 anos (tida como mandante do crime); a enfermeira Jacira Santos de Oliveira, 60, Luiz Felipe Morais e Michel Nogueira de Oliveira, de 19 e 27 anos respectivamente.

Conforme explicou o advogado de Lucas, Aziz Mussa Neto, o processo dele e de Jhonatan foi desmembrado dos demais porque não recorreram da sentença de pronúncia, proferida este ano. “Os demais acusados de envolvimento neste crime deverão esperar o processo voltar do tribunal, para só depois irem a júri”, explicou.

Segundo Aziz, a defesa não quis recorrer da sentença de pronúncia para que o Lucas, que é réu primário, já ter a questão do seu processo resolvido. “Esperamos que o Júri reconheça que ele colaborou o tempo todo com as investigações, no resgate da criança e no desfecho da investigação de outro caso de sequestro de uma criança em Uberlândia”, afirmou.

Acompanhe o Pontal em Foco, mais mais notícias, logo menos, após o término da audiência.

Leia Mais:

Caso Greiciara: Primeira audiência de instrução será realizada em Ituiutaba

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR