Ocorrências

Mais animais morrem em Ituiutaba; suspeita é de que cão e gato também foram envenenados

Vários casos ocorreram nas proximidades da Rua Trinta com Avenida Vinte e Um e Vinte e Três

Na manhã desta segunda-feira, 25, a Polícia Militar de Meio Ambiente em Ituiutaba enderam uma ocorrência de maus-tratos na área central da cidade, em conjunto com militares do 54º Batalhão da Polícia Militar, que fizeram o contato inicial no local.

Uma das solicitantes relatou que encontrou seu gato agonizando, e o outro solicitante seu cão, infelizmente os dois animais vieram a óbito, mesmo sendo encaminhados para atendimento médico veterinário. Os casos ocorrerão na Rua Trinta com Avenida Vinte e Um.

O que chamou atenção e preocupou os militares, além deste fato ocorrido, foram os relatos dos solicitantes, pois um deles disse que é o sexto animal de estimação de que é tutor que morre nestas circunstâncias desde do dia 25 de maio de 208, até esta data, sendo todos gatos.

Ainda segundo os solicitantes, eles não são as únicas pessoas que tiveram seus animais de estimação mortos em circunstâncias semelhantes.

Porém, apesar do empenho dos policiais, não foi possível durante as diligências encontrar os demais tutores que perderam os seus animais.

A PM de Meio Ambiente ressalta que estes casos devem ser levados às autoridades competentes, pois devem ser feitos os devidos registros em REDS, para que a autoridade de Policia Judiciária e o Mistério Público Estadual possam ser informados, para que sejam evitadas mais mortes.

Foto: PM de Meio ambiente

Justiça

O caso desta será enviado para a delegacia de Polícia Civil para providências, por haver indícios do uso de veneno, e também para a apuração da autoria do grave crime ambiental.

Conforme a Lei Federal 9605/98 – “Lei dos Crimes Ambientais”, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos resulta em pena de detenção, de três meses a um ano, e multa. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Denúncia podem ser feitas pelo número 181 (ligação gratuita e anônima), e em Ituiutaba também pelo número 198.

Outro caso com as mesmas características, inclusive de mesmo endereço foi divulgado pelo Pontal em Foco nesta segunda-feira, 25, veja abaixo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR