Ocorrências

Mais três pessoas são presas por envolvimento no assalto de Uberaba

Foto: Divulgação

Duas mulheres e um homem foram presos nesta quinta-feira (9), em Uberaba, no Triângulo Mineiro, por associação criminosa com os envolvidos no assalto à empresa de valores Rodoban, que aconteceu na última segunda (6).

A identidade das três pessoas detidas ainda não foi divulgada. No entanto, a Polícia Militar (PM) confirmou que uma das mulheres é irmã do homem encontrado morto, com um tiro no abdômen, em uma estrada vicinal próxima à BR-050, em Uberaba. Ela teria ido ao local com os dois comparsas para resgatar o irmão.

A Polícia Civil ainda não explicou qual o envolvimento de cada um dos presos com a quadrilha. A PM, por sua vez, informou apenas que os três estavam na estrada próximos ao corpo de Moacir Batalha Muritiba, de 41 anos, que teria participado do assalto e trocou tiros com a PM nessa quarta-feira (8) durante a fuga de alguns criminosos para o interior de São Paulo.

Relembre o assalto

Na madrugada da última segunda-feira (6), criminosos roubaram cerca de R$ 20 milhões de uma transportadora de Uberaba. O bando, com cerca de 30 pessoas, usou uma metralhadora .50, que pode derrubar até helicóptero, espalhou parafusos nas ruas da cidades para dificultar a ação dos policiais, queimou transformadores e carros em pontos estratégicos. A quadrilha explodiu paredes da Rodoban e levou o dinheiro na fuga.

Moradores relataram momentos de pânico durante a madrugada. Segundo eles, foram duas explosões e diversos disparos.

Até o momento, três pessoas foram presas em Caldas Novas (GO). Eles negaram participação no crime em depoimento. Dois deles teriam relação com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Fonte: O TEMPO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR