Ocorrências

PCMG vai instaurar inquérito policial para apurar acidente com morte da zona rural de Ituiutaba

Foto: CBMMG

O delegado regional da Polícia Civil de Minas Gerais – PCMG informou na manhã desta terça-feira, 14, que será instaurado inquérito policial para apurar as causas do acidente ocorrido na última segunda-feira, 13, na zona rural de Ituiutaba, onde um homem de 53 anos morreu após o veículo Fiat/Uno Mille, cor prata, em que ele estava cair de uma ponte sobre o Córrego da Divisa. A intenção da PCMG é de também apurar eventuais responsabilidades sobre o fato.

Na ocasião, conforme informou o Pontal em Foco com base em informações da Polícia Militar de Minas Gerais, a vítima estava acompanhada de uma mulher de 41 anos, inabitada, que relatou aos PMs que no momento do acidente estaria aprendendo a dirigir veículo automotor, orientada pelo homem que acabou morto após o acidente.

Conforme a PCMG, a ação da vítima configuraria o crime previsto no artigo 310 do Código de Trânsito Brasileiro – CTB, porém, em virtude da morte do agente, ocorreu a extinção da punibilidade.

Já com relação à conduta da segunda ocupante do automóvel, caso sejam confirmadas as versões após o resultado da perícia e do andamento do inquérito policial, uma das possibilidades é de que ocorra seu indiciamento pela prática de homicídio culposo na direção de veículo automotor, com pena de detenção de dois a quatro anos e proibição de se obter a permissão ou habilitação para dirigir. Conforme o CTB, a pena é aumentada de 1/3 (um terço) à metade, se o agente não possuir Permissão para Dirigir ou Carteira de Habilitação.

Há também a possibilidade de incidência no artigo 309 do CTB, sobre dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida Permissão para Dirigir ou Habilitação, com pena de detenção, de seis meses a um ano, ou multa.

O corpo foi resgatado por mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, dentro do veículo, submergido em um local do córrego com cerca de sete metros de profundidade.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top