conecte-se conosco

Ocorrências

PCMG vai instaurar inquérito policial para apurar acidente com morte da zona rural de Ituiutaba

Publicado

em

Foto: CBMMG

O delegado regional da Polícia Civil de Minas Gerais – PCMG informou na manhã desta terça-feira, 14, que será instaurado inquérito policial para apurar as causas do acidente ocorrido na última segunda-feira, 13, na zona rural de Ituiutaba, onde um homem de 53 anos morreu após o veículo Fiat/Uno Mille, cor prata, em que ele estava cair de uma ponte sobre o Córrego da Divisa. A intenção da PCMG é de também apurar eventuais responsabilidades sobre o fato.

Na ocasião, conforme informou o Pontal em Foco com base em informações da Polícia Militar de Minas Gerais, a vítima estava acompanhada de uma mulher de 41 anos, inabitada, que relatou aos PMs que no momento do acidente estaria aprendendo a dirigir veículo automotor, orientada pelo homem que acabou morto após o acidente.

Conforme a PCMG, a ação da vítima configuraria o crime previsto no artigo 310 do Código de Trânsito Brasileiro – CTB, porém, em virtude da morte do agente, ocorreu a extinção da punibilidade.

Já com relação à conduta da segunda ocupante do automóvel, caso sejam confirmadas as versões após o resultado da perícia e do andamento do inquérito policial, uma das possibilidades é de que ocorra seu indiciamento pela prática de homicídio culposo na direção de veículo automotor, com pena de detenção de dois a quatro anos e proibição de se obter a permissão ou habilitação para dirigir. Conforme o CTB, a pena é aumentada de 1/3 (um terço) à metade, se o agente não possuir Permissão para Dirigir ou Carteira de Habilitação.

Há também a possibilidade de incidência no artigo 309 do CTB, sobre dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida Permissão para Dirigir ou Habilitação, com pena de detenção, de seis meses a um ano, ou multa.

O corpo foi resgatado por mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, dentro do veículo, submergido em um local do córrego com cerca de sete metros de profundidade.

Ocorrências

Suspeito por homicídio em Chaveslândia é preso em Ituiutaba

Publicado

em

Foto: PMMG

No último sábado, 4 de Abril de 2020, após ocorrer um homicídio no distrito de Chaveslândia, em loteamento, conforme informou o Pontal em Foco, situação na qual um indivíduo desferiu golpes de machado contra o amásio de sua genitora, levando-o a óbito, as equipes da Polícia Militar de Minas Gerais iniciaram diligências para localizar o suspeito.

Segundo consta, o indivíduo após discutir com seu padrasto por causa de sua mãe, desferiu cerca de quatro golpes de machado na vítima e evadiu logo em seguida.

As diligências visando localizar o suspeito seguiram durante a madrugada até que os militares identificaram uma pessoa que estaria homiziando o suspeito em uma residência em Ituiutaba, local em que ele foi identificado e preso em flagrante delito, sendo apresentado logo em seguida a autoridade policial de plantão.

Trata-se de um homem de 30 anos. A PMMG apreendeu um machado, uma faca e R$ 1.220,00.

Após agredir mulher, homem é morto com golpes de machado em rancho próximo de Chaveslândia

Continue lendo

Ocorrências

Após agredir mulher, homem é morto com golpes de machado em rancho próximo de Chaveslândia

Publicado

em

Um homicídio foi registrado na noite deste sábado, 4, na zona rural, nas proximidades de um rancho, próximo do distrito de Chaveslândia.

A Polícia Militar de Minas Gerais foi acionada e no local da ocorrência confirmou o óbito de um indivíduo do sexo masculino.

Conforme informações preliminares, o autor do homicídio seria filho da companheira do homem morto. Ele teria agredido a mulher, sendo que seu enteado, não suportando presenciar tal ato, se apossou de um machado e desferiu pelo menos cinco golpes em sua cabeça.

Após golpear o padastro, o homem fugiu do local. A PMMG iniciou rastreamentos no sentido de localiza-lo.

Denúncias podem ser feitas via 190 ou pelo DDU 181, de forma anônima.

Continue lendo

Ocorrências

34 bovinos furtados em Prata são recuperados em Goiatuba após intenso trabalho da PCMG

Publicado

em

Foto: PCMG

Uma ação conjunta da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e da Polícia Civil de Goiás resultou na recuperação de 34 animais furtados de uma fazenda localizada no município de Prata, Triângulo Mineiro. O gado foi encontrado, cinco dias depois depois, em uma propriedade rural de Goiatuba (GO). As 32 vacas, um boi e um bezerro foram restituídos à vítima.

De acordo com o delegado Elifaz de Souza Ferreira Uehaara, responsável pelo inquérito policial, o crime ocorreu na madrugada de 28 de março. O cadeado da porteira foi estourado e os animais colocados em uma carreta. “Até o momento, identificamos três suspeitos do furto e um recrutador em Goiás”, informou. Ele acredita que os investigados podem estar envolvidos em outros delitos do tipo praticados na região.

Após dois dias de intenso trabalho investigativo, a PCMG chegou ao destino do gado furtado. Posteriormente, com a cooperação da Polícia Civil de Goiás, foi realizada a operação policial em Goiatuba. As investigações prosseguem na Delegacia de Polícia Civil em Prata para a completa apuração dos fatos.

Os levantamentos iniciais contaram com a colaboração da equipe da Delegacia Rural em Uberlândia. Já a intervenção no estado de Goiás teve o apoio de policiais civis da Delegacia de Monte Alegre de Minas.

Continue lendo

+ lidas