Ocorrências

Polícia Civil elucida três homicídios em Uberlândia

Três homicídios ocorridos este ano, em Uberlândia, foram elucidados pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG). Os inquéritos serão remetidos à Justiça, conforme anunciou, nesta quarta-feira (17), o Delegado Fábio Ruz, titular da Delegacia de Homicídios.

Com os casos apurados, os inquéritos foram concluídos e a remessa ao Judiciário será com os indiciados presos ou a prisão preventiva dos envolvidos requerida.

O primeiro homicídio elucidado é o de Élisson Saimon da Silva Alves, 23 anos. Segundo o Delegado, o crime, ocorrido em 19 de janeiro, teria sido praticado em razão de uma dívida de R$ 40, contraída pela aquisição de um aparelho celular. A vítima foi morta com 11 facadas, depois de uma discussão. O suspeito, William Barbosa Martins, 19 anos, nega a autoria.

O outro crime, cuja vítima é David de Oliveira Rodrigues, 17 anos, ocorreu em 1º de maio, no bairro Shopping Park. De acordo com Ruz, o acusado Hudson Bruno Godoy, 37 anos, está em local incerto e não sabido. Uma rixa, entre suspeito e vítima, relacionada a um suposto furto de veículo, teria sido o motivo do crime.

O terceiro caso elucidado ocorreu em 13 de junho. A vítima é um adolescente, de 16 anos, morto com dois tiros, e a motivação seria a disputa de pontos de tráfico de drogas no bairro Luizote de Freitas. O acusado, Walison Júnior Rezene, 26 anos, conhecido como “Erê”, foi preso preventivamente. Ele seria o chefe da quadrilha envolvida com tráfico de drogas e tem diversas passagens policiais. Os outros envolvidos estão sendo procurados. O Delegado informou que a mulher de “Erê”, identificada como Rafaela, também teria participado do homicídio. A prisão preventiva dela foi decretada e ela está sendo procurada.

As investigações foram realizadas pela equipe da Delegacia de Homicídios de Uberlândia.

Mais Lidas

To Top