Ocorrências

Suspeito por invadir sites dos governos de MG e GO e do EB é preso pela PC em Uberlândia

Um homem suspeito de invadir sites dos governos de Minas Gerais, de Goiás e sites do Exército Brasileiro, intitulado cracker, denominação usada para caracterizar indivíduos que quebram sistemas de segurança, foi preso pela Polícia Civil de Minas Gerais em Uberlândia.

O governador Romeu Zema noticiou o fato através de um vídeo publicado em seu perfil oficial no Twitter na última segunda-feira, 25. Na publicação, ele aparece ao lado de Wagner Pinto, chefe da Polícia Civil de Minas Gerias, que deu alguns detalhes a respeito da investigação.

“O objetivo da Polícia Civil é mostrar que nós não trabalhamos simplesmente com a criminalidade violenta no todo. Trabalhamos também com pessoas voltadas aos crimes cibernéticos. São crimes de extrema relevância, importância”, comentou o investigador.

Segundo ele, a PCMG está a cargo de verificar quais os objetivos do cracker, que não teve sua identidade divulgada, ao buscar os dados oficiais dos sites por ele invadidos e qual seria o destino das informações coletadas.

Romeu Zema celebrou a atuação rápida dos agentes e apontou sua preocupação com os estragos que invasores podem causar ao invadir os sistemas das instituições públicas.

Mais Lidas

To Top