Redação | Comercial

Ocorrências

Vigilante troca tiros com grupo e impede explosão de caixa eletrônico

Foto: Pontal em Foco

Uma explosão de caixa eletrônico dentro da prefeitura de Dores do Turvo, na Zona da Mata de Minas Gerais, foi impedida na madrugada desta quinta-feira (11) por um vigilante que trocou tiros com um grupo suspeito do crime. Um jovem de 21 anos foi preso pela tentativa de explosão e outros quatro suspeitos estão foragidos. Nada foi levado do local.

De acordo com a Polícia Militar, um segurança do banco que mora perto da prefeitura ouviu barulhos de disparos, por volta de 1h da madrugada,  e resolveu ir até a prefeitura. Quando chegou no local ele viu que os suspeitos já tinham quebrado a porta de vidro e estavam acessando os caixas eletrônicos.

O vigilante começou uma troca de tiros com os suspeitos e impediu o crime. Os bandidos fugiram em duas caminhonetes com placas de Belo Horizonte. Próximo ao prédio da prefeitura foram encontradas 46 cápsulas de calibres 38, 40, 12 e 9 milímetros e materiais explosivos.

A Polícia Militar foi acionada e durante rastreamento encontrou um suspeito de 21 anos que foi reconhecido por testemunhas da tentativa de explosão. Ele é morador de Dores do Turvo e confessou o crime dizendo que estava com mais quatro comparsas, que estão foragidos.

Na casa do jovem foram encontradas seis armas, sendo três calibre 40, uma 9 milímetros e duas calibre 38, além de duas espingardas calibre 12, dois coletes balísticos, grande quantidade de munições. Uma das caminhonetes utilizadas no crime também estava na casa dele.

O suspeito preso disse que os foragidos são de Belo Horizonte. Eles fugiram por uma mata de Dores do Turvo e a Polícia Militar faz buscas com helicóptero para tentar encontrá-los.

Expediente da prefeitura foi suspenso 

A prefeitura suspendeu o expediente, nesta quinta-feira (11), por causa da insegurança com o crime. Segundo funcionários da prefeitura, ainda não se sabe se há mais explosivos no prédio e a polícia realiza os trabalhos no local. Segundo a polícia, testemunhas contaram que o caixa foi abastecido nesta quarta-feira (10) e um homem teria filmado o serviço.

O Bradesco, responsável pelo caixa eletrônico, está acompanhando o caso e informou, por meio de nota, que busca restabelecer o atendimento.  “O Bradesco está avaliando os danos ocorridos para restabelecer o atendimento o mais breve possível. Os clientes da cidade podem fazer suas transações nas três unidades do Bradesco Expresso, correspondente bancário que oferece atendimento em estabelecimentos comerciais em horário diferenciado”, diz o texto.

Fonte: O TEMPO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO