Redação | Comercial
Polícia

Suspeita de estelionato e receptação é presa pela Polícia Civil em Ituiutaba

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Ituiutaba, prendeu em flagrante, na quarta-feira (12), Aldenira Braz de Souza Pereira, 49 anos, suspeita de estelionato e receptação.

A ação policial ocorreu no bairro Alvorada, no momento em que a investigada estava recebendo uma mercadoria adquirida por meio de fraude. Foram apreendidos pela equipe 10 pares de calçados, documentos diversos e aparelho celular da acusada.

O trabalho investigativo começou há uma semana, quando a PCMG recebeu denúncia de suspeita da prática criminosa no endereço alvo da operação. A equipe, durante as diligências, conseguiu surpreender a mulher recebendo a encomenda, entregue pelo serviço dos Correios. Ela confirmou desconhecer a pessoa em nome da qual foi realizada a compra e também informou que recebeu a mercadoria a pedido de outros dois indivíduos.

A suspeita foi conduzida à Delegacia Regional, autuada em flagrante, e encaminhada ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça. As investigações prosseguem, com objetivo de apurar a participação de outros envolvidos nos delitos.

Em nota, o advogado Aziz Mussa Neto, que defende a acusada, afirmou que sua cliente é inocente e que já tomou a medida cabível para que lhe seja devolvida a liberdade. “Hoje mesmo já dei entrada no pedido de liberdade provisória. Confio na Justiça e tenho certeza que conseguiremos provar a inocência dela. Esta mulher, infelizmente, é vítima de um engano”.
Ainda, segundo a nota, a mulher encontra-se presa acusada de receptação, e não estelionato. “Chegou, ainda na Delegacia de Polícia, a ser arbitrada fiança para ela. Porém, sem condições financeiras de prestar o valor, acabou sendo conduzida ao Presídio local. A defesa espera e confia que nesta sexta-feira lhe seja concedida a liberdade provisória”, diz o advogado ao final.

Tags:

Posts

CLOSE
FECHAR