Redação | Comercial
Polícia

Suspeito de tentativa de homicídio contra a namorada, em Ituiutaba, é preso

Diego Ferreira Moitas, de 19 anos, investigado por tentativa de homicídio. Foto: Ascom PC

No início da manhã de ontem (11), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Ituiutaba, cumpriu o mandado de prisão preventiva em desfavor de Diego Ferreira Moitas, de 19 anos, investigado por tentativa de homicídio, que vitimou sua namorada de 18 anos. O crime ocorreu no último dia 1º de abril, no bairro Jardim do Rosário.

No dia do fato, o suspeito e a vítima saíram de uma confraternização, ocasião em que Diego carregava a namorada em sua motocicleta na condição de passageira. Durante o trajeto para a casa, possivelmente, após uma discussão entre o casal, a jovem caiu e foi arrastada no asfalto por diversos metros, enquanto o acusado pilotava a moto.

De acordo com os levantamentos da investigação, Diego teria parado o veículo, deixado a vítima no local, e evadido dali antes da chegada da polícia. A jovem foi socorrida, imediatamente, e permaneceu internada por todo o fim de semana. Ela sofreu lesões graves por todo o corpo e, ainda, se encontra sem condições de se locomover, necessitando repouso absoluto.

Segundo a versão do suspeito, ele não se recorda bem dos fatos e tudo teria sido um “acidente”. E confirmou que realmente evadiu do local dos fatos deixando a vítima à mercê. A vítima também, devido às lesões sofridas, inclusive na região da cabeça, afirmou não se recordar bem do ocorrido no momento do crime.

Diego foi indiciado pela PCMG e já denunciado pelo Ministério Público por crime de tentativa de homicídio triplamente qualificado. “Mais uma vez, a Polícia Civil dando rápidas respostas à sociedade, demonstrando tolerância zero a este crime contra a vida, dotado de tamanha e ímpar gravidade”, pontua o delegado regional de Ituiutaba, Carlos Antônio Fernandes.

A investigação foi conduzida pela Delegacia Especializada de Homicídios da Regional de Ituiutaba, pertencente ao Departamento de Polícia Civil de Uberlândia.

Via: Ascom PC

Jaqueline Barbosa

Jornalista tijucana, com formação em Comunicação Social / Habilitação em Jornalismo na Universidade de Uberaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts

CLOSE
FECHAR