conecte-se conosco

Política

​Vinte vereadores tem prisões decretadas em Uberlândia

Publicado

em

A Justiça de Uberlândia decretou a prisão de 20 vereadores titulares da cidade, além de um suplente, em novas operações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), realizadas na manhã desta segunda-feira (16). Os investigados são suspeitos em esquemas de corrupção que envolvem desvio de recursos da verba indenizatória e de contratos de prestação de serviço na Câmara Municipal.

Nesta manhã são cumpridos pela Polícia Militar (PM) e agentes do Gaeco mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra os vereadores Ceará (PSC), Doca Mastroiano (PL), Felipe Felps (PSB), Dra. Flavia Carvalho (PDT), Isac Cruz (Republicanos), Dra Jussara (PSB), Marcio Nobre (PSD), Pâmela Volp (PP), Paulo César-PC (SD), Ricardo Santos (PP), Rodi Borges (PL), Roger Dantas (Patriota), o ordenador de despesas Ronaldo Alves (PSC), Silésio Miranda (PT), Vico (Cidadania), o primeiro vice-presidente da Câmara Vilmar Resende (PSB) e o vice-líder do prefeito na Casa, Wender Marques (PSB). Também tem mandado de prisão temporária o suplente Marcelo Cunha (sem partido).

Segundo as primeiras informações do Ministério Público Estadual (MPE), Alexandre Nogueira (PSD) e Juliano Modesto (suspenso do SD) também são novamente alvos das duas operações de hoje, denominadas Má Impressão e Guardião. Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva contra eles e contra o presidente Hélio Ferraz-Baiano (PSDB).

Foto: Giovanna Tedeschi

As ações são resultado das investigações que se iniciaram na operação O Poderoso Chefão, em outubro, e que culminou nas prisões dos vereadores Alexandre, Juliano e Wilson Pinheiro (PP), que permanecem afastados dos cargos. Nogueira estava em liberdade, sob uso de tornozeleira, desde a última sexta-feira. 

Veja a matéria completa no Diário de Uberlândia

Política

Decreto da Prefeitura de Gurinhatã orienta sobre medidas de prevenção e abertura de serviço essenciais

Publicado

em

Foto: Ascom Gurinhatã

Seguindo as devidas recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde, o prefeito de Gurinhatã, Wender Luciano publicou na tarde da última segunda-feira, 30/03, novo Decreto quanto às medidas de prevenção ao COVID-19.

De acordo 039/2020, as medidas adotadas se referem ao funcionamento do comércio e empresas, sendo autorizado o funcionamento daquelas consideradas essenciais, como: farmácias e drogarias; supermercados, mercados, açougues e hortifrutigranjeiros; padarias e quitandas; postos de combustíveis e borracharias; agências bancárias e similares técnicos de internet; atividades agrossilvipastoris e agroindústrias; gás de cozinha com venda apenas na modalidade delivery; serviços de restaurante, com atendimento exclusivo para fornecimento e entrega de refeições como marmita e marmitex, não podendo ter atendimento interior em suas dependências.

Outra recomendação do Decreto trata do atendimento dos referidos estabelecimentos que deverão adotar medidas preventivas, como atendimento mais individualizado e com distanciamento, além das medidas preventivas como limpeza e esterilização no ambiente e disponibilização de álcool em gel para os funcionários e clientes.

A íntegra do Decreto 039/2020 está publicada no site http://gurinhata.mg.gov.br/index.php/covid-19/.

Continue lendo

Política

Por unanimidade, Comitê decide seguir recomendações do estado sobre Covid-19 e mantém comércio de Ituiutaba fechado

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 31, o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus em Ituiutaba se reuniu na Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG (Unidade Ituiutaba, onde deliberou sobre as medidas a serem seguidas nós próximos dias com relação ao estado de calamidade pública e de pandemia.

Dentre as decisões, os membros deliberaram sobre a continuidade no seguimento das recomendações do estado de Minas Gerais, mantendo, a princípio, o comércio sem funcionamento até o dia 17 de abril, com exceção de estabelecimentos considerados essenciais.

A medida visa intensificar o isolamento social como forma de diminuir a subida de casos da doença Coronavírus.

Também foi noticiada a aquisição de aparelhos respiradores para o reforço da Saúde no município para o tratamento de possíveis pacientes da doença, bem como trazidas novas informações sobre negociações para instalação de novos leitos de UTI no município.

Assista no vídeo acima o secretário de Saúde de Ituiutaba, Isaías Tadeu Alves!

Continue lendo

Política

Vereador confunde ventilador (eletrodoméstico) com ventilador mecânico (respirador) em Ituiutaba

Em meio a pandemia de Coronavírus que assolou o mundo nos últimos meses, varias cidades estão tomando medidas de prevenção em todo o Brasil, na ocasião era votado um projeto que destina R$500.000,00 aos cofres públicos.

Publicado

em

Vereador Gilson Humberto (DITO) - Foto: Adelino Júnior - Pontal em Foco

Na noite da última segunda-feira, 30, foi realizada reunião extraordinária na Câmara Municipal de Ituiutaba para votação de um projeto da Mesa Diretora que devolveu toda a verba indenizatória para o Poder Executivo Municipal utilizar no Combate ao Coronavírus. O valor total devolvido aproxima-se R$500.000,00 (quinhentos mil reais). Cerca de R$50.000,00 mensais até o fim do ano.

Durante a discussão dos vereadores, o vereador Gilson Humberto, popularmente conhecido como “Dito do Povo”, teceu seguinte frase: “Esse recurso, ao invés de comprar ventiladores, acho também que tem que ser respiradores. ” O vereador foi interrompido pelo seu colega, Marco Túlio, que corrigiu a informação a afirmou que tratava-se do mesmo equipamento.

O fato do vereador ter confundido um eletrodoméstico com equipamento respiratório de extrema necessidade para pacientes em estado grave de COVID-19 leva a questão para outro nível, quando o assunto é a capacidade de discutir medidas regionais para o combate a pandemia de Coronavírus.

Em Ituiutaba, as ações preventivas partiram da Secretaria Municipal de Saúde, através de um Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus, que determinou o fechamento de escolas e do comércio local, além da quarentena, seguindo decreto do Governo do Estado.

Continue lendo

+ lidas