Política

ACII, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Câmara Municipal se reúnem com FIEMG e INDI em BH na busca por atração de investimentos e empregos

Foto: Divulgação

No último dia 28 de novembro estiveram no Centro Administrativo do Governo de MG, no Instituto de Desenvolvimento Integrado de MG (INDI) o presidente da ACII, Mário Jacob Jr., o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rubens Vaz e o presidente da Câmara Municipal, Francisco Thomaz Jr. Juntamente com a gerente de análise de investimentos da FIEMG, Junia Cotrim, o presidente do INDI, Thiago Toscano e o gerente de desenvolvimento, Carlos Romualdo, foi explanado a situação econômica atual do município de Ituiutaba e as perspectivas para os próximos 10 anos. Logística, educação superior e agronegócio foram destacados pelo presidente da ACII como pontos fortes da nossa região.

O presidente do INDI elogiou o quadro de agroindústrias instalado e salientou a importância do polo de educação superior existente no município. Ressaltou porém que quando o investidor busca uma cidade para sua empresa, além destes aspectos, além da vontade do poder público local, a confiabilidade nos processos burocráticos locais e a rapidez com que estes processos ocorrem são vitais para a decisão do investimento.

O presidente da Câmara se interessou pela possibilidade dos processos de licenciamento ambiental ocorrerem no escopo do município, através da capacitação e estruturação da secretaria de Meio Ambiente. Essa proximidade agiliza a tomada de decisão, e correções caso necessário, nas solicitações das empresas e produtores rurais.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, através da parceria com a secretaria de planejamento quer cadastrar o maior número de terrenos disponíveis (entre particulares e públicos) para disponibilização na base de dados do INDI. “Quanto maior oferta, variedade e características de terrenos tivermos disponíveis, maior será a possibilidade de atração destes investimentos.

Especificamente, sobre o possível investimento de uma empresa cervejeira espanhola, no território mineiro, oportunidade também almejada pela comitiva neste encontro, está temporariamente suspenso por reavaliação por parte do investidor sobre qual estado brasileiro deverá receber tal indústria. Caso Minas Gerais continue como opção, Ituiutaba é candidatíssima, tanto pela sua logística quanto pela qualidade da água no município.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top