Política

Comissão de Defesa do Consumidor aprova projeto relacionado a “Black Friday”

Com o objetivo de criar mecanismos para combater a armadilha de preços criada na Black Friday Brasil, a Comissão de Defesa do Consumidor aprovou nesta quarta-feira (06) o Projeto de lei nº 2849/2015, que prevê que a oferta promocional de produtos e serviços venham, obrigatoriamente, com o histórico de preços praticado pelo estabelecimento comercial nos 90 dias anteriores a promoção.

Durante a votação, o deputado federal Weliton Prado disse que “medidas assim vão impedir campanhas enganosas, maquiagem de preços e as falsas promoções em que se anunciam o valor usual ou até mais alto como oferta“.

weliton prado

É comum as empresas aumentarem os preços dos produtos para simular grandes descontos em vésperas de promoção.

O projeto será analisado agora pela Comissão de Justiça e de Cidadania.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top