Redação | Comercial
Política

Fórum Regional de Governo movimenta população de Ituiutaba

Evento atraiu a participação de mais de 2 mil pessoas. Dentre os serviços disponibilizados, cerca de 200 documentos de identidade foram emitidos

A iniciativa do Governo de Minas Gerais, em levar a todo o estado as políticas públicas e prestação de serviços direcionados à população e gestores públicos, através da nova fase dos Fóruns Regionais, movimentou o município de Ituiutaba, no Território Triângulo Norte.

Nessa quinta-feira (4/5), mais de 2.000 pessoas circularam pelos estandes dos 40 órgãos de Governo do Estado, que prepararam cerca de 150 ações para os territórios de desenvolvimento.

De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais, também foram emitidas cerca de 200 carteiras de identidade, além de Atestado de Antecedentes e registro de ocorrências de qualquer natureza, dentre outros serviços.

O aposentado José Edvan de Melo, de 66 anos, mobilizou a família para conhecer de perto os principais serviços do Estado. Ele também aproveitou para procurar a Polícia Civil de Minas Gerais e tirar a segunda via da carteira de identidade.

“Eu e minha esposa estamos há muito tempo com o documento de identidade desatualizado, desde 1998. Não poderia perder a oportunidade de fazer a segunda via. Chamei todo mundo da família para visitar a feira, que oferece comodidade para a população”, conta.

O público que visitou o evento dos Fóruns Regionais também ficou por dentro das ações da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros, além de receber orientações sobre prevenção quanto à violência e às drogas.

O secretário Wadson Ribeiro, titular da Secretaria Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif), aprovou o desempenho do primeiro evento de retorno aos territórios.

“Foi um evento organizado para dialogar com a população de Ituiutaba sobre as principais entregas, as principais realizações, além de levar ao território os serviços e políticas públicas do Estado”, destaca Ribeiro.

 

Luz para o povo

Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) funcionou como agência de atendimento. No espaço, o consumidor teve a oportunidade de  negociar dívidas, quitar e solicitar emissão de segunda via da conta, além de tirar dúvidas sobre faturas e tarifas e requisitar religação. Ao todo cerca de 50 atendimentos foram realizados.

Outra iniciativa da companhia, com o objetivo de estimular o consumo consciente de energia, também mobilizou a população. Ao todo foram distribuídas mais de 3 mil lâmpadas fluorescentes.

O agricultor Edson Cituniti, de 61 anos, voltou para casa satisfeito com as duas novas lâmpadas. Para conseguir o benefício, o agricultor apresentou a última conta de luz paga.  “Isso representa uma ajuda para quem precisa, já que reflete em economia no bolso ”, comemora.

Na mesma linha, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) também ofereceu a oportunidade de negociação e quitação de débitos, além da emissão de segunda via da conta. Também disponibilizou técnicos para tirar dúvidas sobre faturas e tarifas.

 

Sucesso nas vendas

A quitandeira, Izabel da Silva Lima, de 58 anos, representante da agricultura familiar, comemorou o sucesso das vendas durante o evento. “Foram muito boas. Muita gente comprou biscoito de polvilho, pãozinho de batata e rosquinha de coco. Eventos como este ajudam a agricultura familiar da nossa região”, elogia.

Izabel integra o grupo de pequenos empreendedores da economia popular solidária e da agricultura familiar que expuseram seus produtos.  Ao todo, foram montadas cerca de 15 barraquinhas, variando entre o artesanato, hortifrútis e padaria.

 

Mais verde

O estande do Instituto Estadual de Florestas (IEF), por sua vez, distribuiu cerca de  100 mudas de espécies nativas – ipê amarelo, branco, ingá, jacarandá caroba, entre outros. A população também recebeu orientação quanto ao plantio e cultivo das mudas.

A estudante da Uemg, Denise Dias Rosa, de 28 anos, acompanhada do marido Denil Oliveira, de 32, foi uma das contempladas com uma muda de ipê amarelo.  “Estamos levando para plantar em casa. Além disso, tivemos a oportunidade de conhecer outros serviços. Eventos como este poderiam ocorrer mais vezes”, sugere Denise.

 

Outras ações

Paralelamente ao funcionamento da feira ocorreram diversas palestras e workshops para a comunidade em geral, agricultores, movimentos sociais e gestores públicos.  Exemplo disso foram as apresentações sobre a Junta Digital, Sala Mineira do Empreendedor, Minas Fácil Digital, incluindo as boas práticas municipais para a melhoria do ambiente de negócios.

O Caminhão da Ciência, do Programa Ciência em Movimento (PCM) da Fundação Ezequiel Dias (Funed), foi usado para estimular o conhecimento científico e tecnológico por meio de linguagem lúdica e popular.

As secretarias de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), de Desenvolvimento Agrário (Seda), o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) prepararam palestras e oficinas para agricultores familiares, lideranças do setor agrícola e movimentos sociais ligados ao segmento.

Já a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) apresentou o Catálogo de Serviços para os Municípios e o Programa Minas Comunica, que tem como objetivo levar sinal de celular a todas as cidades do estado. O espaço recebeu a visita do secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães.

 

Por todo o Estado

Estão sendo programados eventos para cada um dos 17 territórios de desenvolvimento, envolvendo todos os órgãos do Governo, que vão apresentar e disponibilizar serviços aos gestores públicos e à população, além de mostrar suas ações e resultados.

Depois do Triângulo Norte, as atividades da nova fase dos Fóruns Regionais seguem para os territórios Sul, Mucuri, Norte, Triângulo Sul, Central e Noroeste. O cronograma dos outros territórios será divulgado posteriormente.