Redação | Comercial
Política

“Não tenho mandato”, afirma Janones ao ser cobrado por manifestante

André Janones durante a tribuna livre na Câmara de Vereadores de Ituiutaba. Foto: Adelino Júnior - Pontal em Foco
Janones disparou denúncias de corrupção e cobranças à Administração Pública Municipal, porém, quando foi cobrado por uma popular referente aos novos conjuntos habitacionais, ele disse aos gritos: "Eu não tenho mandato" 

O advogado André Janones compareceu à Câmara Municipal de Vereadores de Ituiutaba, na noite dessa terça-feira(23), onde utilizou os 10 minutos de tribuna livre para fazer elogios ao secretário de Desenvolvimento Social, Renato Moura, e ao presidente da Câmara, Odeemes Braz.

O momento também foi oportuno para fazer cobranças referentes ao Hospital São José, às entregas das novas unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida; além de fazer graves denúncias envolvendo o presidente do PSDB de Ituiutaba, Rubens Vaz e o vice prefeito, Gilberto Bernal.

Veja o trecho onde o advogado faz as denúncias:

Hospital São José

Janones falou primeiramente sobre o Hospital onde, segundo ele, já ouve denúncias envolvendo material de construção que teria sido utilizado na reforma de um rancho de um dos diretores da instituição. André ainda cobrou o posicionamento da Câmara para a abertura de uma CPI que investigue o Hospital. Conforme Janones, há 12 anos o hospital descumpre a lei 11.108  de 2005 que permite às gestante terem acompanhantes antes do parto. Entretanto, até o momento, o advogado não apresentou à reportagem do Pontal em Foco, nenhum documento que comprove suas denúncias.

Em reposta às denúncias, a Assessoria de Comunicação do Hospital São José informou à reportagem do Pontal em Foco que não há preocupação referente a essas denúncias e que a instituição está de portas abertas para prestar quaisquer esclarecimentos. Também foi ressaltado, por meio da assessoria, que a diretoria está aguardando provas que sustentem a fala do advogado na Câmara.

Rubens Vaz

O presidente do PSDB de Ituiutaba, Rubens Vaz, também foi alvo do advogado. De acordo cm Janones, um contrato de uma empresa prestadora de serviço foi feito sem licitação e, o pagamento a essa empresa se deu em duas parcelas de R$60 mil. Porém, o mais grave seria que essa empresa funcionava em uma das propriedade de Rubens.

André falou também sobre a jornalista Geiza Ardila, que é proprietária de um jornal e, segundo o advogado, ela estaria morando em uma das propriedades do Rubens e prestaria serviço ao presidente do PSBD de Ituiutaba.

Em resposta à Janones, a jornalista Geiza Ardila disse à reportagem do Pontal em Foco que não mora na casa de Rubens. “Há sete anos eu moro em uma propriedade que pertence a Rubens Vaz. Eu pago aluguel e não tenho e nunca tive nenhuma relação com Rubens. Inclusive, sempre fomos politicamente opostos. Lamento que o advogado concentre-se em difamar as pessoas, mentir e faltar com a verdade, em vez de realmente fazer alguma coisa pelas pessoas”, disse.

Jornalista Geiza Ardila estava no Plenário da Câmara no momento em que foi citada. Foto: Pontal em Foco

Janones falou também sobre um projeto que será enviado para a Câmara dos Vereadores que, se aprovado, seria criando 16 cargos comissionados na SAE, o que geraria, segundo o advogado, uma despesa de R$ 5 milhões nos próximos anos.

O advogado citou que a irmã de Rubens trabalharia na EMAG e, que tal fato seria nepotismo, além de ressaltar que o presidente do PSDB teria seus direitos políticos cassados e não poderia exercer cargos políticos. Entretanto, até o momento, o advogado não apresentou à reportagem do Pontal em Foco, nenhum documento que comprove suas denúncias.

A reportagem do Pontal em Foco também procurou Rubens Vaz e, o mesmo disse que num primeiro momento ele irá requerer tribuna na Câmara Municipal para que possa se pronunciar. Rubens também disse que, após sua fala – ainda a ser agendada na Câmara-, ele pretende conceder uma entrevista ao Pontal em Foco.

Vice-prefeito, Dr- Gilberto Bernal

André Janones afirmou, em seu discurso, que o vice-prefeito de Ituiutaba, Gilberto Bernal, teria se aliado a Rubens Vaz e formado um grupo para receber virtuosas quantias da prefeitura municipal. Conforme Janones, somente a família Bernal custa mais de R$60 mil por mês ao município.

Janones afirmou na tribuna que encaminhou uma denúncia que, segundo ele, a esposa do vice-prefeito, Claudia Bernal, não estaria trabalhando. Conforme o Advogado, ele teria ligado na clínica da médica e a atendente teria informado que ela atende o dia todo, impossibilitando, então, que a médica exerça sua função de diretora na Fundação Cultural. O advogado também não apresentou documentos que sustentem essas denúncias.

A reportagem do Pontal em Foco entrou em contato com o vice-prefeito por telefone, entretanto, até a atualização mais recente desta matéria, ele não havia atendido às nossas ligações, tampouco, nos retornado.

Insatisfação x Satisfação Popular

Durante a fala de André, várias pessoas estavam no plenário acompanhado o decorrer da reunião. Haviam pessoas que vieram apoiar o advogado e pessoas que também vieram criticá-lo. O que chamou realmente a atenção foi uma mulher que, no início, apoiava Janones. Mas, ao final da reunião, ela se mostrava frustrada com o advogado.

A mulher manifestou contrária ao que foi dito por André e, segundo ela, várias pessoas estavam no local acreditando que se daria uma solução para as casas do MCMV, pedentes de entrega. André acabou saindo sob de gritos de apoio e também de: Não Sou trouxa! Você disse que resolveria hoje! Não sai de casa pra ver isso!

Veja a entrevista que a manifestante concedeu ao Pontal em Foco:

Em um postagem no facebook, Andre citou que a mulher teria sido plantada por um vereador: Veja:

 

Provas contundentes

“Não é o meu papel ter provas contundentes”, afirmou o advogado antes de finalizar o discurso na Câmara dos Vereadores, e ainda propôs um desafio aos vereadores para abaixarem em 30% os salários dos cargos comissionados, dos secretários do prefeito e vice, isso iria gerar uma economia de 30 milhões aos cofres públicos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *