Política

Secretário de Trânsito de Ituiutaba participa de reunião e vereadores fazem questionamentos e duras críticas sobre o Área Azul

Foto: Reprodução
Ituiutaba possui média de sete infrações aplicadas por dia relacionadas ao Área Azul, e a média das demais punições no trânsito giram em torno de 21 infrações por dia

Na 23ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Ituiutaba esteve presente o secretário de Trânsito, Gilson Lucas, acompanhado do agente de Trânsito, Dener Lacerda.

Questionados pelo vereador, Francisco Tomaz (Chiquinho) sobre existência de meta a ser cumprida de multas aplicadas, o secretário afirmou que a situação é inexistente, que algo nesse sentido é crime e não pode ser aceito. “Pelo contrário, a presença de nossos agentes nas ruas fez com que o número de acidentes na área central fosse diminuído, além disso, os furtos e roubos também tenderam a cair por conta do mesmos sempre estarem circulando pelo entorno das ruas do Centro. O resultado deles na rua é muito maior que apenas a questão das multas aplicadas no sentido de educar os condutores infratores”, disse.

Sobre os números, Dener Lacerda explicou que atualmente Ituiutaba possui média de sete infrações aplicadas por dia relacionadas ao Área Azul, e a média das demais punições no trânsito giram em torno de 21 infrações por dia, sendo que são empregados, normalmente, 12 agentes de trânsito para o trabalho diário nas ruas. “Nos últimos 12 meses os agentes de trânsito de Ituiutaba fizeram 7.716 infrações. Além destas, ainda existem infrações que são gerada pela Polícia Militar, que são de competência municipal, também ligada a estacionamento e os quatro redutores de velocidade eletrônicos com oito faixas no total”, contou.

Nesses 12 último meses, a arrecadação das multas (pagas) mencionadas foi no valor de R$ 2.774.000,00 (dois milhões, setecentos e setenta e quatro mil). A inadimplência gira em torno de 40 e 50 por cento.

Ainda segundo os dados, os redutores eletrônicos instalados na cidade geram média de 250 infrações cada, totalizando cerca de 1000 multas aplicadas eletronicamente por mês.

A vereadora Cleidislene Silva pontuou sobre a importância da fiscalização voltada ao transporte escolar, principalmente, pelo fato de que o trabalho dos motoristas é de grande responsabilidade no transporte de crianças e adolescentes no município.

O presidente da Casa de Leis, Odeemes Braz, teceu críticas sobre a Secretaria de Trânsito, afirmando que apesar de ser uma secretaria nova, possui um belo orçamento, e que a Área Azul desde a sua criação não está cumprindo com sua finalidade, que atualmente é apenas de arrecadar e ocasionar multas. “Não tenho medo de perseguição por parte de alguns agentes, mas notamos os exageros sim, várias pessoas estão sendo multadas e falta bom senso na prática. Sobre a não tolerância de cinco ou dez minutos e a venda de duas horas sem fracionar vejo a prática de venda casada, o que é proibido por lei”, disse.

Odeemes falou que da maneira que funciona hoje, a Área Azul precisa ser suspensa imediatamente, também pela dificuldade para aquisição dos cartões, que em determinados pontos do perímetro é inviável ao motorista estacionar e ir até um ponto de venda, pois no tempo que o procedimento demanda, muito provavelmente uma multa seria aplicada. “Hoje o motorista não pode passar a mão no rosto ou mesmo passar a marcha do veículo que certos profissionais do Trânsito subentendem que trata-se de uso de celular ou mesmo colocação atrasada do cinto de segurança, assim várias multas são aplicadas sem a devida fundamentação”, criticou.

Os demais vereadores presentes também fizeram questionamentos sobre o trânsito de Ituiutaba durante a reunião.

Dener Lacerda afirmou aos presentes que estudos estão sendo realizados para viabilizar o fracionamento do tempo adquirido para estacionar no Centro de Ituiutaba, pois atualmente o tempo mínimo adquirido é de duas horas, o que faz as pessoas que estacionam por menor período se sentirem prejudicadas. “Temos como recomendação aos nosso agentes para que sempre se deparem com infração de Área Azul, para que busquem localizar o condutor para orientar sobre a aquisição do cartão, para assim, caso seja confirmada a infração é feito o registro”, explicou.

A Secretaria de Trânsito está situada na Avenida Nove, entre Ruas Dezoito e Dezesseis.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR