Política

Vereador envolvido em ação civil pública proposta pelo Ministério Público divulga nota de esclarecimento; leia

O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou na última terça-feira, 11 de junho, ação civil pública em desfavor do vereador Juninho da JR e de sua ex-assessora Leidiane Mendes. O magistrado responsável pelo processo apreciou os pedidos liminares e proferiu decisão na última quarta-feira, 12, quando deferiu parcialmente o pedido e determinou a anotação de possíveis bens dos investigados nos Cartórios de Registro de Imóveis noticiando o processo em questão.

O vereador Juninho da JR emitiu uma nota de esclarecimento sobre o caso. No documento, o político afirma ter sido pego de surpresa com a notícia que o acusa de desvio de conduta, afirmando não ter sido, até o momento, intimado pelo Ministério Público ou pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Leia na íntegra abaixo.

 
CONTINUAR LENDO