Política

Zema diz que por enquanto não há como nomear aprovados em concurso para a PMMG e posterga início em 12 meses

Foto: Gil Leonardi
Governador de Minas usou as redes sociais para enviar o recado aos que fizeram o concurso no meio do ano passado e pressionam o governo para que sejam chamados

O governador de Minas, Romeu Zema (Novo), afirmou na noite da última quarta-feira, 6, que por enquanto não há como nomear novos profissionais para a área de segurança pública no estado. As dificuldades de caixa são as justificativas apontadas por ele. Em postagem nas redes sociais, Zema afirmou que o atual concurso não foi cancelado, mas prorrogado por mais 12 meses. 

Um grupo de pessoas que fizeram concurso no meio do ano passado para ingressar na Polícia Militar tem pressionado o governo para que ocorram as nomeações. 

“Seria uma irresponsabilidade nomear novos profissionais enquanto essa situação não for resolvida. O concurso para soldados na Região Metropolitana de Belo Horizonte e no interior do Estado ainda não teve o resultado final divulgado e, portanto, não foi homologado. As datas de início dos dois cursos exigidos foram postergadas por um período de 12 meses”, afirmou na postagem.

Ainda de acordo com Zema, a situação financeira do estado inviabiliza neste momento que o efetivo seja ampliado e pediu “apoio e união” para o estado possa superar a atual condição. 

“Quero esclarecer que a segurança é uma das prioridades do meu governo e entendo a urgência que temos por um contingente maior de policiais para a proteção dos mineiros. Contudo assumimos um estado falido, sem condições de honrar compromissos importantes como salários e repasses”, declarou.

O governo de Minas enviou à Assembleia Legislativa de Minas Gerais o projeto de reforma administrativa que pretende enxugar a estrutura de secretarias do estado e espera economizar. Na postagem, Zema destaca a medida, anunciada por ele nessa terça-feira, como uma das que estão sendo pensada para tentar resolver a falta de recursos em caixa. 

“Estamos trabalhando arduamente e apresentamos uma proposta de Reforma Administrativa à ALMG para reerguermos Minas Gerais o mais rápido possível. O apoio e a união de todos os mineiros são fundamentais para que nosso estado volte a crescer”, postou. 

Pessoal, tenho recebido questionamentos a respeito dos concursos, principalmente sobre o concurso 6/2018, de 29 de junho…

Publicado por Romeu Zema em Quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Fonte: Estado de Minas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR