Redação | Comercial
Saúde e Bem-estar

Agentes do Zoonozes estão com dificuldade de entrar nas residências

Depois que um homem foi preso ao tentar se passar por agente do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) para entrar e roubar uma residência, os agentes do Zoonozes estão encontrando dificuldades para entrar nas residências.

Conforme uma agente entrevistada pela reportagem do Pontal em Foco, hoje muitos moradores tratam o trabalhadores com grosserias e rispidez. “A cada dez residências, três não deixam a gente entrar. Alguns ainda são grossos, o que nos deixa muito tristes, já que estamos ali apenas para fazer nosso trabalho”, afirma.

Ela ainda conta que chegando a época de chuvas, a partir de setembro a outubro, os mosquitos da dengue vão proliferar. “Os ovos ficam armazenados até 450 dias. Ao cair uma gota d’água, ele já começa a desenvolver pra originar no mosquito da dengue. E aquele mosquito prejudica não só a residência, mas até um raio de dois quilômetros dali”, conta ela destacando que, hoje, a maior parte dos focos do mosquito da dengue estão dentro das residências.

Como identificar um agente da Zoonoses:

Todo agente do zoonozes usa um crachá em local visível, com o nome e o telefone do CCZ atrás. O uniforme é uma camiseta verde, podendo estar usando ou não, um colete cinza. Ainda assim, quem tiver dúvida se a pessoa trabalha mesmo no CCZ, basta ligar no 3268-7255 ou 3268-2398 e informar o nome completo do agente.

Ouça o áudio com o depoimento da agente: