Saúde e Bem-estar

Atendimento do Samu tem previsão de início para esta semana em Ituiutaba e região; veja detalhes

Foto: Pontal em Foco
Foi definido pelo comitê gestor de urgência e emergência Triângulo Norte que as cidades de Araguari, Monte Carmelo, Ituiutaba e Patrocínio serão as bases que receberão pacientes de média complexidade

Uma reunião técnica na Superintendência Regional de Saúde em Uberlândia definiu, na última segunda-feira (4), o fluxo de atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(Samu) na região Triângulo Norte.

Foi definido pelo comitê gestor de urgência e emergência Triângulo Norte que as cidades de Araguari, Monte Carmelo, Ituiutaba e Patrocínio serão as bases que receberão pacientes de média complexidade.

Já os pacientes de alta complexidade com trauma nas especialidades de cardiologia e neurologia serão levados para o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). Os de simples complexidade podem ser atendidos na cidade de origem da ocorrência.

Os munícipios atendidos pela região Triângulo Norte são: Santa Vitória, Gurinhatã, Campina Verde, Prata, Ituiutaba, Capinópolis, Cachoeira Dourada, Araporã, Centralina, Canápolis, Monte Alegre de Minas, Tupaciguara, Araguari, Indianópolis, Estrela do Sul, Cascalho Rico, Grupiara, Abadia dos Dourados, Douradoquara, Coromandel, Monte Carmelo, Romaria, Iraí de Minas, Nova Ponte e Patrocínio. A principal cidade da região, Uberlândia, não terá o serviço do 192.

O fluxo de atendimento agora será enviado para Belo Horizonte para validação em nível estadual. Sem essa validação pela Secretaria de Estado de Saúde, o Samu não pode operar.

Início de operação do Samu

O Samu foi anunciado em novembro de 2015 com primeira previsão para início dos trabalhos no primeiro semestre de 2016 em 27 municípios da região. Além das ambulâncias paradas, mais de 500 pessoas que passaram em concurso público para trabalhar no setor estão à espera de uma definição.

Em abril deste ano, o secretário executivo do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência (Cistri), Rodrigo Alvim Mendonça, disse que as operações do Samu na região seria nesta sexta-feira (8).

No entanto, nesta segunda Rodrigo explicou que por conta dos protestos dos caminhoneiros nas últimas semanas parte da convocação de trabalhadores, feito pelos Correios, não foi concluída. Além disso, a empresa contratada por meio de licitação para fornecer material médico hospitalar que é de Belo Horizonte ainda não entregou os produtos.

“A data de inauguração não foi oficialmente adiada, mas tivemos esses problemas no caminho. No entanto esperamos manter o previsto”, finalizou.

Com informações do Portal G1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR