Saúde e Bem-estar

Contra a febre amarela, Prefeitura de Uberlândia intensifica ações na cidade e na zona rural

Foto: Araípedes Luz/SecomPMU
Equipes de imunização estarão no Terminal Central e no Parque do Sabiá; trabalho na zona rural também será reforçado

medida mais importante para prevenção e controle da febre amarela é a imunização. Por essa razão, a Prefeitura de Uberlândia adotou estratégias específicas para não apenas ampliar a meta recomendada pelo Ministério da Saúde (95%), mas para atingir a marca dos 100% de cobertura vacinal na cidade. De 5 a 9 de fevereiro, das 7h às 9h e das 16h às 20h, equipes da Secretaria de Saúde estarão no Terminal Central para imunizar a população contra a doença (para conferir os critérios exigidos para receber a dose, clique aqui). As ações também serão realizadas no Parque do Sabiá, sempre das 16h às 20h.

De acordo com a coordenadora do Programa de Imunização, Cláubia Oliveira, as ações acontecem em locais com grande fluxo de pessoas com o intuito de facilitar o acesso à vacina. “A febre amarela é uma enfermidade grave e a única forma de prevenir é se imunizando. Por isso, intensificamos nossas atividades, em busca daquelas pessoas que ainda não foram vacinadas. Facilitamos o acesso de todos, inclusive de quem trabalha e ainda não teve condição de ir às unidades. Temos a meta preconizada que é de 95%, mas claro que estamos buscando superar isso”, explicou.

Ações de bloqueio

Além dos pontos fixos de vacinação nestes locais, a busca ativa para atualização do cartão de vacina dos cidadãos vai continuar nas unidades, bem como as ações em empresas, nos presídios, palestras nas unidades de saúde, em eventos e outras iniciativas de prevenção e combate. “Os interessados podem ligar na Imunização e solicitar a visita por meio de agendamento”, reforçou a coordenadora.

Zona Rural

A comunidade da zona rural também permanece sendo atendida pelo Programa de Imunização. Para certificar que toda a população está protegida e averiguar o cartão de vacina, será realizada uma varredura, de fazenda em fazenda, a partir do dia 17. “Em 2017 fizemos uma grande mobilização na região. Fomos em  todas as propriedades para verificar o cartão de vacina e percorremos cerca de 10 mil quilômetros, só na zona rural, com intuito de evitar a transmissão do vírus da febre amarela. Agora voltaremos, novamente, para certificar que todos estão imunizados. Só que para alcançar um maior número de pessoas, em especial o trabalhador do campo, realizaremos essa atividade ampliada”, reforçou a coordenadora.

CCZ é parceiro

Como a febre amarela urbana é transmitida pelo Aedes aegypti, os profissionais do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) também participam do trabalho de eliminação no mosquito, que também transmite dengue, chikungunya e zika vírus. Por isso, as equipes do CCZ intensificaram as ações, inclusive trabalhando no final de semana. Para conferir as iniciativas permanentes do Centro de Controle e o resultado dessas ações, clique aqui.

Desde o dia 20 de janeiro, os agentes estão fazendo uma varredura nos bairros recolhendo objetos que possam ser criadouros para o mosquito. “As chuvas vêm caindo com muita freqüência, reativando os criadouros, inclusive os que ficam nos quintais. Então aumentamos nosso poder de ação para retirar o máximo de recipientes que os moradores permitirem. Todas as pesquisas apontam que os criadouros estão do portão para dentro das casas e são eles que potencializam a necessidade desta ação ainda mais intensa”, explicou o coordenador do Programa de Controle da Dengue, José Humberto Arruda.

Fique ligado!

O quê? Vacinação no Terminal Central e no Parque do Sabiá

Quando? De 5 a 9 de fevereiro

Quem pode vacinar? Pessoas acima de 9 meses que ainda não receberam dose da febre amarela

 

O quê? Vacinação na Zona Rural

Quando? A partir do dia 17 de fevereiro

Quem pode vacinar? Pessoas acima de 9 meses que ainda não receberam dose da febre amarela

 

Para mais informações sobre a doença e a vacina, clique aqui.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR