Saúde e Bem-estar

Estação mais quente do ano exige cuidados redobrados com a saúde

Com as altas temperaturas do verão, ficar em casa é uma tarefa difícil. A estação mais quente do ano é um convite para a prática de atividades físicas e passeios ao livre, além de horas de lazer nas piscinas e praias. Mas, com o maior tempo de exposição ao sol, é preciso redobrar os cuidados com a saúde para evitar problemas e até internações nas unidades de saúde.

 

Para a médica da Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) São Jorge V, Dra. Vanessa Menezes, o mais importante, principalmente nos dias em que as temperaturas estiverem mais altas, é hidratar o corpo e a pele. “O ideal é não ficar muito tempo exposto ao sol. Mas se ficar, é preciso passar protetor solar e beber muita água. Além disso, é importante hidratar a pele também após o banho”, explicou.

 

Além da hidratação, Menezes também orientou sobre os cuidados com a alimentação, como aumentar o consumo de alimentos mais leves e evitar a ingestão de bebidas alcoólicas. “É bom lembrar de comer alimentos mais ricos em água, como melancia, melão, laranja e limão, e evitar comidas que dão sede, como os processados e muito temperados. É recomendável, também, moderar o consumo de álcool, que favorece a desidratação”.

 

Crianças e idosos

 

Mais frágeis, as crianças e os idosos são os que mais sofrem com os dias quentes e, por isso, acabam precisando de cuidados médicos. Por não segurarem a hidratação completa – as crianças que têm a pele mais fina e os idosos devido ao desgaste natural do tecido -, é preciso ficar atento. “Nos dois casos, apresentou sinal desidratação, como vômito ou diarréia, é preciso procurar atendimento médico. Desidratação é perigoso para estes pacientes, pois, além de internações que poderiam ser evitadas, pode levar a óbito”, salientou Vanessa.

Fique Ligado!

 

 

– Beber água ou líquidos não açucarados, cerca de 2 a 3 litros de água durante o dia para não desidratar;

 

– Passar protetor solar 15 minutos antes de sair de casa e repassar de 2 em 2 horas, principalmente se for à praia;

 

– Evitar exposição solar direta nas horas de muito calor, entre 10h e 15h;

 

– Usar chapéu ou boné quando estiver ao sol, mesmo ao caminhar na rua normalmente e usar roupas leves e claras que absorvam menos o calor;

 

– Comer frutas, verduras e legumes crus ricos em água como: alface, chuchu, pepino, rabanete, nabo, tomate, couve-flor, melancia, melão, abacaxi, maçã, cenoura, banana, goiaba e clara de ovo;

 

– Evitar consumir bebidas alcoólicas e refrescos açucarados, pois o álcool aumenta a perda de água pelo corpo;

 

– Evitar permanecer em locais fechados e sem ventilação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR