Saúde e Bem-estar

Os riscos do movimento antivacina para a saúde

O movimento foi incluído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em seu relatório sobre os dez maiores riscos à saúde global

O movimento antivacina é uma ideia que cresce mundialmente, especialmente na Europa e América do Norte. Prova disso é o surto de sarampo que aconteceu na Itália, com mais de 4.000 casos, em agosto do ano passado. A doença, que matava mais de 2 milhões de crianças por ano no mundo na década de 1990, foi erradicada no Brasil em 2001.

Recentemente o movimento antivacinação foi incluído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em seu relatório sobre os dez maiores riscos à saúde global. De acordo com a Organização, os movimentos antivacina são tão perigosos quanto os vírus que aparecem nesta lista de ameaças à saúde. Isso, porque comprometem o progresso alcançado no combate a doenças evitáveis por vacinação, como o sarampo e a poliomielite.

De acordo com o gestor da Unidade Ituiutaba da Clínica de Vacinas Santa Clara, Carlos Junqueira, é importante que, não só as crianças, como também adultos e idosos, mantenham seus cartões de vacinas sempre atualizados. “Isso porque quando todos estão imunizados, acaba funcionando como um método de barreira, o que impede que essa pessoa transmita um vírus ou infecção para outras pessoas. Ou seja, quanto mais gente imunizada, menor a chance de doenças graves que já foram erradicadas, voltarem a se propagar”, destaca.

Ele ressalta que a vacinação coletiva também é importante em situações como quando por exemplo, há um recém-nascido na família que ainda não tem idade suficiente para tomar determinada vacina. “Se todos naquela família estiverem com as suas vacinas em dia, as chances deste bebê contrair uma doença é mínima! Por isso que sempre digo que vacinar é um ato de amor, pois além de proteger a sua própria saúde, também protege outras pessoas próximas”.

Tenha todas suas vacinas em dia! E na dúvida, entre em contato com a Clínica de Vacinas Santa Clara, em Ituiutaba. A Unidade fica na fica na R. Vinte e Oito, 1232, no Centro de Ituiutaba. Os telefones para contato são: 34 99791-4747 (WhatsApp) ou 3261-4040 (fixo).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO