conecte-se conosco

Saúde e Bem-estar

Prédio da Unidade Mista de Saúde será adequado para acomodar Centro de Diagnóstico de Câncer em Ituiutaba

Publicado

em

Foto: Ascom/Ituiutaba

O prefeito Fued Dib acompanhou na manhã desta terça-feira, 5, representantes do Hospital Hélio Angotti, em uma visita ao prédio da Unidade Mista de Saúde II, no Bairro Progresso, onde será instalado o Centro de Prevenção e Diagnóstico de Saúde – Cenpre Saúde, resultado de convênio assinado entre o Município e a Rede de Hospitais de Câncer do Triângulo (Rede HCT). O objetivo da visita foi avaliar as adequações necessárias, para posterior elaboração do projeto arquitetônico.

 “Este é mais um importante passo que damos neste processo de implantação, aqui em Ituiutaba, desta Unidade de Diagnóstico do Hospital Hélio Angotti. O câncer é uma doença cujo tratamento requer agilidade. Quanto mais rápido for diagnosticado e iniciado o tratamento, maiores são as chances de cura dos pacientes. Este é o objetivo que buscamos, quando decidimos integrar a Rede HCT”, disse o prefeito Fued Dib.

Segundo o arquiteto da empresa RM Arquitetura, de Belo Horizonte, Renato Melo, o prédio que acomodará o Centro de Prevenção e Diagnóstico possui uma boa estrutura, mas serão necessárias algumas adequações para a acomodação dos equipamentos. A RM Arquitetura foi contratada pelo Hospital Hélio Angotti para a formatação do projeto que servirá, posteriormente, para o processo de licitação e escolha da empresa para execução das obras.

“Dentro de no máximo 90 dias teremos concluído este projeto arquitetônico. Precisaremos adequar os espaços para a acomodação dos equipamentos de diagnóstico, como tomógrafo, ultrassom e mamógrafo, entre outros”, disse o arquiteto Renato Melo. Os recursos para a execução da obra já foram liberados. O Hospital Hélio Angotti já dispõe também de R$ 2,5 milhões para a aquisição dos equipamentos.

“Estamos muito próximos de realizar um antigo sonho que é a oferta de procedimentos básicos do tratamento de câncer, aqui mesmo em Ituiutaba, sem a necessidade do deslocamento de pacientes para a realização de simples consultas ou exames em Uberaba, Uberlândia ou Barretos, como ocorre hoje. Além disso, uma vez diagnosticada a doença, teremos garantido o tratamento destes pacientes, dentro do Hospital Hélio Angotti, referência nestes tipos de procedimentos no Brasil”, disse o secretário Odeemes Braz, que em 2017 fez gestão junto ao então deputado federal Caio Nárcio, e conseguiu a instalação do Senpre Saúde em Ituiutaba.

Foto: Ascom/Ituiutaba

Saúde e Bem-estar

Aplicação de higienizador contra Covid-19 é ampliada em Ituiutaba com pulverizadores costais

Publicado

em

A Prefeitura de Ituiutaba iniciou nesta sexta-feira, 3, a pulverização manual para higienização e desinfecção de locais públicos e de uso comum, com a utilização de uma mistura de água com Hipoclorito de Sódio. Na última quarta-feira, 1º, este trabalho teve início com a aplicação do produto através de caminhões pipa. Agora estão sendo utilizados também, puverizadores costais, que permitem uma aplicação mais direcionada, onde o jato de água não pode ser empregado.

A manipulação e o preparo do produto, antes de ser colocado nas bombas, são realizados por técnicos e químicos da Superintendência de Água e Esgoto (SAE), que também é parceira e colaboradora para a efetivação das medidas adotadas no município, para o enfrentamento e combate ao novo Coronavírus (covid-19).

Os locais higienizados neste primeiro dia de aplicação manual, foram as calçadas e assentos das praças públicas, portas de bancos, hospitais, clínicas, farmácias, bares, lanchonetes, e escolas e prédios públicos de atendimento à população, tanto na área central de Ituiutaba, quanto nos bairros.
“Essas ações chegam para complementar outras já iniciadas há alguns dias pela Prefeitura de Ituiutaba, acompanhadas pelo Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus e conforme protocolo ao serviço de saúde. A questão da aplicação do Cloro é para eliminar que estiver no ambiente, impedindo assim sua circulação”, explica o secretário de Obras e Serviços Urbanos, o engenheiro Vicente de Paula Fontoura Filho.

Continue lendo

Saúde e Bem-estar

Minas têm 397 casos de Covid-19 e seis óbitos, aponta boletim da SES

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais – SES/MG divulgou boletim epidemiológico nesta sexta-feira, 3. Até o momento são 41.339 casos suspeitos para Covid-19, 397 casos confirmados. Sessenta e quatro óbitos estão em investigação e seis óbitos foram confirmados.

Óbitos em investigação por Covid-19 são casos que aguardam a realização de exames laboratoriais e levantamento de informações clínicas e epidemiológicas.

Até o momento foram notificados 92 óbitos suspeitos, sendo 22 descartados para.

Óbitos confirmados

Paciente 1: trata-se de paciente do sexo feminino, 82 anos, residente no município de Belo Horizonte. Ela foi internada no Hospital Biocor em Nova Lima em 21/03/20, com quadro de febre, tosse e desconforto respiratório, sendo transferida para UTI em 23/03/20. Foi coletado Swab para pesquisa de Covid-19 em 23/03. A paciente apresentava comorbidades: doença cardiovascular crônica, diabetes mellitus e pneumopatia crônica. Óbito ocorrido em 29/03/20. Exame de Swab detectável para Covid-19 feito em laboratório privado.

Paciente 2: trata-se de paciente do sexo masculino, 66 anos, residente do município de Belo Horizonte, portador de cardiopatia e diabetes mielitus. Exame detectável por RT-PCR em laboratório da rede privada. Com amostra para realização de swab, também, na Fundação Ezequiel Dias. Óbito ocorrido em 30/03/20.

Paciente 3: trata-se de paciente do sexo masculino, 44 anos, residente do município de Mariana. Óbito em 30/03/2020, em hospital do município de Nova Lima. Exame detectável para Covid-19 feito em laboratório da rede pública – Fundação Ezequiel Dias (Funed).

Paciente 4: trata-se paciente do sexo feminino, 76 anos, residente do município de Belo Horizonte. Início de sintomas gripais em 23/03/20. Portadora de doença cardiovascular e diabetes. Resultado detectável para Covid-19 em 31/03/2020 emitido por laboratório privado. Óbito em 01/04/20.

Paciente 5: trata-se de paciente do sexo masculino, 80 anos, residente em Uberlândia. Inicio de sintomas em 29/03/2020, com febre, tosse e dispneia. Portador de doença pulmonar crônica e doença cardiovascular. Resultado detectável para Covid-19 em 02/04/2020 por laboratório privado. Óbito em 30/03/2020.

Paciente 6: trata-se de paciente do sexo feminino, 61 anos, residente em Uberlândia. Início de sintomas em 26/03/2020, com febre, dispneia e mialgia. Portadora de doença renal crônica. Resultado detectável para Covid-19 em 02/04/2020 por laboratório privado. Óbito em 02/04/2020.

Continue lendo

Saúde e Bem-estar

Como controlar a compulsão alimentar e a ansiedade durante o distanciamento social

Publicado

em

Foto: Reprodução

É importante lembrar a diferença entre distanciamento e isolamento social. O isolamento é prescrito pelo médico aos pacientes que possuem o sintoma da doença (Covid-19), e para aqueles que entraram em contato com casos suspeitos ou confirmados da doença. Então, se chama de período de quarentena. Já o distanciamento é um cuidado que toda população deve fazer para não transmitir e não contrair o Coronavírus, recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Devido ao bombardeio de informações e noticias que vivemos, é importante evitar passar muito tempo lendo e assistindo TV noticiários relacionados. Ocupe-se de atividades prazerosas, desligue-se um pouco das redes sociais.

Estabeleça uma rotina, mesmo estando em casa. Adicione 30 a 40 minutos de atividades diárias, existem vários aplicativos gratuitos, aulas no Youtube como dança, que vão ajudá-los. Faça meditação, como tirar 30 segundos do seu dia para respirar e expirar, mantendo uma atenção plena, existem também meditações guiadas em aplicativos de Podcast.

Faça terapia online, hoje existem vários profissionais que estão usando esse recurso.

A compulsão alimentar deve ser tratada como um doença e a ajuda de um psicólogo e de um psiquiatra é muito importante. Evite ter em casa alimentos industrializados e com excesso de açúcar e conservantes. Opte por alimento com mais fibras como frutas, legumes e integrais que são mais saciogênicos.

Em meio à compulsão, beba água, respire e pense se você realmente está com fome, ou esta querendo comer por ansiedade. E nessa hora aprenda a se policiar e se corrigir.

Tenha em mente que esse é apenas um tempo que necessitamos para nos proteger, nos cuidar, que em um breve momento esse distanciamento irá acabar, tenha pensamento positivo. Pois tudo irá passar e logo todos voltaremos a nos abraçar.

Se cuidem e cuidem das pessoas que você ama. Se puder, fique em casa.

Dra. Priscila Pizarro
Médica – CRM 72550
Especialista em Nutrologia e Endocrinologia

A profissional atende no Hospital São Joaquim, quarto andar, sala 22. Agendamento de consultas pode ser feito pelo no WhatsApp (34) 9667-8138.

Continue lendo

+ lidas