Pontal em Foco

Secretaria de Educação vai renovar cadastro de candidatos à designação da rede estadual de ensino

Secretaria de Educação vai renovar cadastro de candidatos à designação da rede estadual de ensino
outubro 30
14:37 2013

Inscrições dos interessados deverão ser feitas no período de 20 de novembro a 4 de dezembro; para algumas funções, registro deve ser feito na própria unidade de atuação.

Secretaria de Estado de Educação (SEE) publicou, na última quarta-feira (23), no Diário Oficial dos Poderes do Estado, resolução que visa renovar o cadastro de candidatos à designação da rede estadual de ensino. A Resolução nº 2.441, de 22 de outubro de 2013, estabelece os critérios e define os procedimentos para a inscrição de postulantes para o exercício de 2014. Todo profissional que se interessar em concorrer a uma vaga de designado deverá fazer a inscrição, que estará aberta entre os dias 20 de novembro e 4 de dezembro.

A designação é a forma de preenchimento de cargo a título precário para assegurar o funcionamento das escolas estaduais conforme prevê o artigo 10 da Lei 10254/1990. Quando uma professora efetiva tira uma licença maternidade em uma escola estadual, por exemplo, ela é substituída por um professor designado durante o período da licença. A inscrição no cadastro é essencial, pois garante prioridade aos candidatos que concorrerão às vagas de designação no ano que vem.

“Quando uma vaga de designação estiver aberta em uma escola, o candidato que estiver inscrito no cadastro terá prioridade sobre aquele que não houver feito a inscrição”, explica o subsecretário de Gestão de Recursos Humanos, Antonio Luiz Musa de Noronha. O subsecretário lembra ainda que o concursado da SEE que ainda não foi nomeado terá prioridade se caso queira concorrer a uma vaga de designação.

Poderão se inscrever no cadastro os candidatos à função pública de Professor de Educação Básica, Analista Educacional – Inspetor Escolar, Analista de Educação Básica, Assistente Técnico de Educação Básica (ATB), Auxiliar de Serviços de Educação Básica (ASB) e Especialista em Educação Básica.

No ato da inscrição, os candidatos deverão preencher todos os dados pessoais e informar dados como escolaridade. É importante que as informações sejam fornecidas de forma correta, pois os candidatos deverão comprová-las no momento da designação. Exceto pelos candidatos à função de ASBs, que podem fazer a inscrição para apenas um município, cada candidato pode se inscrever, para a mesma função, em três municípios ou para três funções no mesma cidade.

“O último cadastro foi feito em 2010 e estava desatualizado. Mesmo os profissionais que já estavam inseridos nesse banco de dados devem fazer a inscrição no cadastro este ano, pois o objetivo é criar um novo cadastro”, explica o subsecretário.

Uma vez feita a inscrição, os candidatos serão classificados de acordo com os critérios estabelecidos na Resolução nº 2.441. Os critérios de desempate na classificação do cadastro variam de acordo com cada função, mas priorizam a escolaridade e o tempo de serviço como designado em escola da rede estadual. Em 2014, ao selecionar os candidatos à designação, as escolas estaduais vão recorrer aos dados do cadastro.

As normas de designação de servidores para o exercício de função pública para atuação nas escolas estaduais e para a função de Analista Educacional/ Inspetor Escolar nas Superintendências Regionais de Ensino serão definidas em resolução especifica.

Inscrições começam em novembro

De acordo com a Resolução, os interessados em integrar o cadastro de candidatos à designação da SEE deverão efetuar a inscrição pela internet, no sitewww.educacao.mg.gov.br. A inscrição terá início às 9h do dia 20 de novembro e será encerrada às 23h do dia 4 de dezembro.

Para algumas funções, as inscrições deverão ser feitas nas próprias unidades de atuação, sempre no horário das 9h às 17h. É o caso dos candidatos interessados em atuar nos Centros de Apoio Pedagógico a Pessoas com Deficiência Visual (CAP), Centro de Capacitação de Profissionais de Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS) e nos núcleos de capacitação na área de Educação Especial; professores que vão atuar em Conservatórios Estaduais de Música e Centros de Educação Profissional; professores para atuação em conteúdos técnicos profissionalizantes, em escolas com autorização para oferta da educação profissional; e servidores para atuação em projetos autorizados pela SEE, nos conteúdos em que não haverá inscrição pela internet.

Agência Minas

Share Button

Leia também

     

Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um comentário

Escrever um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Anúncio

Enquete:

Qual sua opinião sobre a desmilitarização da Polícia Militar?

Assine nossa Newsletter