Redação | Comercial

Uberlândia e Região

Motorista de ônibus embriagado provoca acidente em Uberlândia; um morre e 9 ficam feridos

Foto: Divulgação PRF

Um motorista de um ônibus bêbado provocou um acidente deixando uma pessoa morta e nove feridas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu na madrugada desta quinta-feira (28), por volta de 2h, na BR-050, na altura do KM 60, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O motorista recebeu voz de prisão.

Ainda segundo a PRF, o ônibus fazia a linha São Paulo / Goiânia quando saiu da pista, caiu em uma ribanceira e tombou. Os policiais descobriram que havia 18 pessoas no veículo no momento do acidente e nove precisaram ser socorridas com ferimentos graves e leves para o Hospital das Clínicas de Uberlândia e para as Unidades de Atendimento de Urgência (Uai), também de Uberlândia.

Durante o levantamento dos passageiros, os policiais perceberam que estava faltando uma pessoa e já encontraram a vítima morta embaixo do veículo, após destombar o ônibus.  Foi realizado teste de etilômetro no motorista e o resultado foi de 0,24mg/l de álcool no ar expelidos pelos pulmões, que significa embriaguez. A partir de 0,05 mg de álcool por litro de ar expelido, já é considerado embriaguez. O morto era um homem de 42 anos.

O motorista do ônibus está hospitalizado no Hospital das Clínicas de Uberlândia e já recebeu voz de prisão. A Polícia Civil de Uberlândia investiga o caso.

O que diz a empresa

O advogado da empresa Viação Catedral, responsável pelo ônibus, Walter Coutinho, contou que o motorista estava na empresa desde o último dia 1º de agosto e que ele passou por exames toxicológicos e alcoólicos no processo de admissão e nada foi constatado. “Um outro motorista dirigiu o ônibus de São Paulo até Uberlândia e somente na cidade, o motorista que causou o acidente, assumiu o veículo”, explicou o advogado.

Segundo ele o motorista estava há 48 horas de folga. “Ele nunca tinha dado problema. Nós estamos fazendo uma apuração interna. Conversamos com o motorista que foi rendido e também com os bilheteiros e eles disseram que esse condutor não aparentava estar embriagado. Nós ficamos muito surpresos com o ocorrido. A empresa tem 30 anos e nunca aconteceu algo assim”, disse. O acidente ocorreu minutos depois da saída do ônibus do terminal rodoviário.

Ainda de acordo com a empresa, as medidas para ajudar os feridos estão sendo tomadas. Segundo o advogado, uma equipe já foi para Uberlândia para contribuir com transporte e alimentação das vítimas. “Estamos auxiliando no tratamento médico. Uma mulher terá que fazer uma cirurgia no braço e nós vamos arcar com tudo. Algumas vítimas já até chegaram em casa”, contou.

(Via O Tempo)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO

CLOSE
FECHAR