Vagas

Pescadores são detidos após serem flagrados pescando em local proibido em Ipiaçu; autuação foi de R$ 134.767,27

100 quilos de pescado foram apreendidos

No início da manha desta sexta-feira, 7 de setembro, a Polícia Militar de Meio Ambiente em Ituiutaba, durante Operação Independência do Brasil realizou patrulhamento aquático no Ribeirão São Lourenço, confluência com o reservatório de UHE São Simão, Município de Ipiaçu.

Durante o transcorrer do patrulhamento foram abordados dois pescadores profissionais em uma embarcação na confluência do Ribeirão Jerônimo com reservatório da UHE de São Simão, local proibido para a prática de pesca profissional.

Durante a fiscalização foi constatado que os pescados estavam utilizando 1.300 metros lineares de redes de pesca, totalizando 3900 metros quadrados.

Foi constatado também que em um ponto os mesmos, praticamente, fecharam o Ribeirão São Jerônimo com uma rede (barranco a barranco), e também haviam pescado peixes com tamanho inferior ao permitido.

Assim, em face da irregularidade ambiental pela pesca em local proibido e dos peixes abaixo da tamanho permitido, cada um dos autores, sendo um homem de 54 e outro de 38 anos, foram autuados administrativamente no valor de 20.724,67 Unidade Fiscal do Estado de Minas Gerais – UFEMG, para cada, que em reais nesta data corresponde em R$ 134.767,27.

Foram apreendidos 1.300 metros de redes de pesca; 01 barco; 01 motor e 100 quilos de pescado (se estiverem em condições para consumo serão doados), e os que não estiveram serão encaminhados para aterro sanitário da cidade de Ituiutaba.

Os dois autores foram presos em flagrante delito por Crime Ambiental conforme artigo 34 da Lei 9605/98 “Lei dos Crimes Ambientais”, e encaminhados para Delegacia da Polícia Civil de plantão da cidade de Ituiutaba para providências de Polícia Judiciária.

Denúncias podem ser feitas via 181 (ligação gratuita e anônima) e no caso de Ituiutaba também pelo número 198.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTINUAR LENDO