Brasil e Mundo Novo

Novo iPhone da Apple não deve trazer grandes avanços tecnológicos

Novo iPhone da Apple não deve trazer grandes avanços tecnológicos

25/02/2017 20h00 Atualizada há 4 anos
Por: Adelino Júnior
Quando a Apple lançar seu muito aguardado iPhone de 10º aniversário no segundo semestre de 2017, a empresa vai dar uma lição involuntária sobre o quanto a indústria de smartphones amadureceu. O novo iPhone deverá incluir novos recursos, como displays de alta resolução, carregamento sem fio e sensores 3D. Em vez de representar grandes avanços, no entanto, a maioria das inovações está disponíveis em telefones concorrentes há vários anos. A adoção relativamente lenta de novos recursos pela Apple reflete e reforça o fato de que os clientes de smartphones estão mantendo seus telefones por mais tempo. Timothy Arcuri, analista da Cowen & Co, acredita que mais de 40% dos iPhones no mercado têm mais de 2 anos de idade, nível histórico de alta. Essa é uma grande razão pela qual os investidores têm levado as ações da Apple para máximas históricas. Há demanda reprimida por um novo iPhone, mesmo que não ofereça tecnologias inovadoras. Não está claro se a Apple deliberadamente suspendeu alguns dos novos recursos no atual iPhone 7, que foi criticado por não ser muito diferente de seu antecessor. A Apple se recusou a comentar sobre o próximo produto. Ainda assim, o desenvolvimento e o lançamento do iPhone de aniversário sugerem que a estratégia da Apple para o produto é impulsionada menos pela inovação tecnológica do que por ciclos de atualização de consumidores e necessidades empresariais e marketing da própria Apple. "Quando um mercado fica saturado, o crescimento é sobre a atualização", disse Bob O'Donnell da Technalysis Research. "Isso é exatamente o que aconteceu com os PCs. É exatamente o que aconteceu com os tablets. Está começando a acontecer com smartphones". A Apple tem mantido silêncio sobre novos recursos, mas analistas e relatórios de fornecedores de componentes asiáticos indicam que as telas de alta resolução baseadas na tecnologia OLED – possivelmente com bordas curvas – provavelmente fazem parte do telefone de aniversário. Não é esperado um design radicalmente novo, de acordo com analistas.

Via: G1

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.