Ocorrências CRIME

Idoso é preso após ver ex-companheira com outro e tentar contra vida de seus familiares em Uberlândia

O autor relatou que naquela data, por volta das 8h, viu sua ex-companheira com outro homem, aparentemente, namorando em um ponto de ônibus. Assim, foi até a casa dela tentar localizar e matar o indivíduo

03/08/2020 08h53
Por: R. A. C. O. Fonte: PMMG
Idoso é preso após ver ex-companheira com outro e tentar contra vida de seus familiares em Uberlândia

Um desentendimento por motivo passional quase acabou em tragédia no fim da tarde do último domingo, 2, por volta de 17h30, no distrito de Cruzeiro dos Peixotos, em Uberlândia. O caso de homicídio tentado foi registrado pela Polícia Militar de Minas Gerais – PMMG.

Os PMs foram acionada para comparecerem na Rua Joaquim Antônio de Freitas, após um desentendimento entre ex-companheiros, sendo que o suspeito estaria de posse de uma arma de fogo, tentando contra a vida dos familiares de sua ex. Ao chegarem ao local, a equipe verificou que o irmão vítima estava de posse de uma arma de fogo, revólver calibre 38 oxidado, com cinco munições, duas intactas e três "picotadas".

Continua depois da publicidade

Ao apurarem o ocorrido, com relatos da vítima e de seus familiares, foi constatado que suspeito, idoso de 69 anos, chegou à residência, onde foi recepcionado no portão pelo filho de sua ex-companheira. Neste momento, o suspeito efetuou um disparo de arma de fogo, porém, a munição não deflagrou e o rapaz fechou o portão e saiu correndo para o interior do imóvel. Em seguida, o idoso efetuou mais dois disparos por cima do portão, em direção ao rapaz, e novamente às munições não deflagraram.

Nesse momento, o irmão da mulher efetuou um golpe com uma pá na mão do autor e o revólver caiu e, posteriormente, efetuou mais um golpe de pá em sua nuca, o que ocasionou um desmaio momentâneo. Nesse momento, o revólver foi recolhido pelo irmão da mulher. Após recuperar a consciência, o suspeito fugiu do local. Os familiares passaram o endereço da residência dele, onde foi localizado pela guarnição policial na área de serviço. Foi realizada a busca pessoal, porém, nada de ilícito foi encontrado.

Continua depois da publicidade

 

Foi dada voz de prisão a ele pelo crime de homicídio tentado. Em buscas pela residência, foram localizadas em cima de uma mesa cinco munições intactas de calibre 38. O autor relatou que naquela data, por volta das 8h, viu sua ex-companheira com outro homem, aparentemente, namorando em um ponto de ônibus. Assim, foi até a casa dela tentar localizar e matar o indivíduo. Ele foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.